Black_friday_en
Você tem uma conta? Login | Você é novo na Lomography? Cadastre-se | Lab | Site atual:

Manual Diana F+

Espere só um minuto

Nós conseguimos imaginar o intenso ânimo que toma conta de você neste momento. Quem diabos quer ler um manual de instruções inteiro quando a DianaF+, em todas as suas deslumbrantes curvas plásticas, chama pelo seu nome? Mas por favor – lute contra esta tentação e leia todo este manual antes de começar. Aqui há todo tipo de informação crucial para fazer as suas primeiras fotos com a DianaF+ serem as melhores possíveis.

Começo e seleção de formato

Sua DianaF+ usa filme 120. Antes de fazer qualquer coisa, você precisa decidir em que formato você quer fotografar. Você pode escolher entre três tamanhos de imagens com sua DianaF+. Cada tamanho exige o uso (ou não uso) de uma máscara plástica, e uma definição específica para o formato do filme. As especificações são as seguintes:

  • 12 fotos quadradas grandes: (5,2×5,2cm) / sem máscara / configuração de 12 fotos
  • 16 fotos quadradas pequenas: (4,2×4,2cm) / máscara de quadro pequeno / configuração de 16 fotos
  • Panorama infinito: (4,6×4,6cm) / máscara de quadro pequeno / configuração de 16 fotos

As "máscaras de quadro” são os dois pequenos quadros de plástico preto inclusos na sua câmera. Gire a Trava da Tampa Traseira 1 para “Abrir” e deslize a Tampa Traseira 2, retirando-a da câmera. No meio, pode-se ver o Encaixe de Máscara 5, que é a área diretamente atrás da lente. Você poderá encaixar facilmente os quadros das máscaras aqui. Use a máscara de quadro pequeno para 16 fotos pequenas, a máscara de quadro panorâmico para Panorama Infinito (mais sobre isso adiante!) e nenhuma máscara para 12 fotos grandes.

Após colocar a máscara, você precisará ajustar o Seletor de Formato de Filme 4 na traseira da Tampa Traseira para 12 ou para 16 fotos. Apenas deslize o seletor para cima ou para baixo com os dedos, de acordo com as especificações listadas acima. Depois de configurado o formato, é hora de colocar um rolo novo de 120!

Colocando o filme

Remova a Tampa Traseira 2. Coloque o novo rolo de filme no lado esquerdo. O filme tem buracos na parte de cima e na de baixo do seu eixo – que encaixarão nas travas nas partes de cima e de baixo da câmera. Leve o filme até o Eixo de Bobinamento 3, no lado direito. Você deve encaixar o filme no eixo apenas um pouco – cerca de dois centímetros. Ainda sem a Tampa Traseira 2, gire o Botão de Avanço 6 no sentido anti-horário, e certifique-se de que o filme está sendo enrolado ao redor do eixo e passando de um lado ao outro de forma suave, após duas ou três voltas completas. Se você perceber que há muita folga – ou se o filme estiver em um ângulo – então PARE, retire o rolo de filme, e rebobine com as suas mãos. Depois disso, tente novamente. Se seu filme estiver colocado incorretamente, ele pode arranhar, dobrar ou quebrar dentro da sua câmera.

Quando você tiver certeza de que o filme está colocado de forma adequada, então coloque novamente a Tampa Traseira 2, coloque a Trava da Tampa Traseira 1 na posição “Lock", e olhe através da pequena janela vermelha no Seletor de Formato de Filme 4. Os filmes 120 têm os números das fotos impressos na traseira, então você pode usar esta janela para contar as suas exposições. Conforme você acança, você verá um fragmento da palavra “Start” e então uma sequência de símbolos (geralmente alguns círculos ou barras que vão diminuindo de tamanho) que fazem a contagem regressiva até a primeira exposição, “1”. Pare neste ponto, porque agora você está pronto para tirar fotos.

Configurações básicas de obturador e abertura

A DianaF+ é uma câmera totalmente manual que lhe permite controlar a velocidade em que o obturador dispara e o quanto ele abre. O Seletor de Velocidade do Obturador 8, localizado acima da Lente 11, tem duas configurações: "N” e “B”. "N” é para fotos normais à luz do dia, e dispara o obturador por aproximadamente 1/60 de um segundo. "B” permite que você mantenha o obturador aberto pelo tempo que você quiser – o que é ótimo para fotos noturnas e com baixa iluminação. Para ter uma imagem nítida e focada, a câmera deve ser segurada parada durante todo o tempo em que você estiver usando a configuração “B”! O melhor método é encaixar um tripé no útil Encaixe para Tripé 15 da DianaF+. Caso contrário, tente apoiar a câmera em uma supefície plana e segurar firme enquanto dispara. Como o formato é quadrado, não importa se a câmera está sendo segurada na horizontal ou na vertical.

Na parte de baixo da Lente 11 está o Seletor de Abertura 9. Ele controla o quanto o obturador abrirá. Há quatro configurações de abertura disponíveis. Três delas são para condições de iluminação externa: ensolarado, parcialmente nublado, e nublado. O quarto, designado como “P”, é para fotografias pinhole – as quais discutiremos em breve.

Com filme com velocidade ISO 400

Na luz do dia, escolha "N”para a velocidade do obturador e defina a abertura de acordo com a condição real de iluminação externa (ex: escolha ensolarado se o dia estiver ensolarado);

Para um ambiente interno iluminado, coloque o obturador para "B” e a abertura para nublado. Dispare por cerca de um segundo ou um pouco menos;

Para fotografias noturnas, configure o obturador para "B” e a abertura para nublado. Uma cidade bastante iluminada precisa de cerca de 20 segundos, e uma cena realmente escura, somente com a luz da lua, pode precisar de cerca de um minuto.

Com Filme com velocidade ISO 100

À luz do dia, escolha "N” para a velocidade do obturador e escolha uma abertura que seja um nível mais escura (ex: escolha parcialmente nublado em um dia ensolarado);

Dobre o tempo de exposição de um filme com velocidade 400 (ex: dispare cenas internas por cerca de 2 segundos).

Foco e fotografando

Ok, seu filme está avançado até o número 1, e suas configurações de obturador e abertura estão definidas. Dê uma olhada no objeto da sua foto e estime a distância entre você e ele. O Anel de Foco 10 fica ao redor da Lente 11 e tem três configurações: 1 a 2 metros, 2 a 4 metros, e 4 metros até o infinito. Gire o Anel de Foco 10 para a distância adequada. E aqui vai uma dica – o Anel de Foco 10 gira para fora e fica mais próximo do seu objeto conforme a configuração do foco vai ficando mais próxima.

Você pode prontamente compor sua foto olhando através do Visor 13 quadrado da DianaF+. Como você pode imaginar, o Visor não é super-preciso. Ele é um pouco mais correto para o formato de 16 fotos. Quando estiver fotografando 12 fotos por rolo, a área real da imagem é um pouco maior do que o Visor mostra. Mas não pense muito nisso – o Visor ligeiramente deslocado e as "surpresas” da composição fazem parte de fotografar com a Diana.

Tire sua primeira foto com a DianaF+ apertando para baixo o Disparador 7. Aperte-o uma vez para fotos "N” à luz do dia, e aperte e segure para fotos "B” com longa exposição. Após disparar, gire o Botão de Avanço 6 para ir ao próximo quadro.

Quando estiver usando o modo "B” para exposições realmente longas – como fotografias noturnas ou pinhole – você pode usar a Trava do Disparador 14 inclusa para manter o obturador aberto. Pressione o Disparador 7 e então coloque a Trava do Disparador 14 exatamente no espaço acima do Disparador (um buraco se abrirá quando você apertar o Disparador para baixo). Quando sua exposição tiver terminado, apenas remova a Trava 14 e deixe o Disparador 7 fechar. Lembre-se de usar um tripé e o Encaixe para Tripé 15 para conseguir as imagens mais nítidas possíveis!

Importante – para evitar tremer ou borrar a sua imagem de longa exposição enquanto estiver usando a Trava do Disparador 14, certifique-se de colocá-lo e removê-lo com muito cuidado. Mantenha a câmera o mais firme possível e pressione o Disparador 7 lenta e suavemente.

Ainda Mais Importante – nunca mude o Seletor de Velocidade do Obturador 8 enquanto o Disparador 7 estiver sendo pressionado. Isto pode danificar o mecanismo. Somente altere a posição do Seletor de Velocidade do Obturador 8 quando o disparador estiver fechado. Lembre-se deste alerta quando estiver usando a Trava do Disparador 14 – você precisa manter os dedos longe daquela configuração de velocidade!

É claro, você não precisa avançar o filme após cada foto. Sinta-se à vontade para ativar o Disparador 7 duas vezes ou mais para criar imagens com múltiplas exposições. Se estiver muito ensolarado, não faça mais de duas exposições na mesma imagem, ou a sua foto ficará muito lavada.

Fotografar com flash

Como você certamente já percebeu, sua DianaF+ inclui um belíssimo flash eletrônico – inspirado no design dos anos 60 dos flashes originais da Diana 16. Primeiramente, abra a Tampas da Pilha do Flash 19 e coloque uma pilha “AA” nova. Encaixe o Flash no corpo da DianaF+, conectando-o ao Encaixe de Pino Metálico 17. Coloque o Interruptor de Energia do Flash 20 na posição “On". O Indicador de Flash Carregado 22 irá acender com uma luz vermelha brilhante. O Flash está agora pronto para disparar quando você pressionar o Disparador 7.

Com filme ISO 400, o alcance eficaz do Flash é de aproximadamente 1m a 1,5m. Para ter os melhores resultados, mantenha-se a esta distância do seu objeto – e lembre de acertar o foco de acordo. Para aumentar o alcance, use filme mais rápido.

Quanto ao Seletor de Abertura 9, recomendamos que seja configurado para “Nublado”. Certifique-se de desligar o Interruptor de Energia do Flash 20 quando terminar de fotografar – assim você não descarregará a pilha.

  • Coloque o Obturador em "N” para tirar sua foto instantânea típica com flash. Tente isso à luz do dia, em um dia nublado ou com seu objeto em uma sombra, para conseguir um excelente efeito de preenchimento.
  • À noite, configure o Obturador para "B” para criar uma combinação de flash e iluminação ambiente. Quando você pressionar o Disparador, o Flash irá disparar. Segure-o por alguns segundos a mais para trazer a luz ambiente – colocando assim um pano de fundo brilhante e onírico por trás do seu pano de frente nítido e iluminado. Experimente movimentar a câmera um pouco após o disparo para conseguir um pano de fundo ainda mais agitado.
  • Coloque um dos filtros de gel coloridos inclusos para colorir seu Flash e iluminar seu objeto com uma intensa rajada de luz colorida. Vê a pequena bolha redonda acima do elemento do flash? O filtro desliza para dentro pelo lado esquerdo dela – bem atrás da bolha e à direita, em frente ao elemento de flash. Esta técnica pode ser especialmente interessante com flash de preenchimento à luz do dia e com fotos noturnas no modo “B”. NOTA: os filtros vermelho, violeta, roxo e verde absorvem muita luz. Quando usar estes à noite, chegue um pouco mais perto do seu objeto ou use filme ISO 800 ou 1600.
  • Coloque o Adaptador de Sapata 18 incluso no Encaixe de Pino Metálico 17 para colocar um flash de sapata convencional na sua câmera (algo como o Lomography Ringflash ou Colorsplash Flash). Você também pode fazer isso para usar o Flash Eletrônico 16 da Diana+ em um câmera equipada com uma sapata – como a Lomo LC-A+.
  • Experimente disparar seu flash fora da câmera. Configure o Obturador para "B” e mantenha-o aberto. Dispare seu flash manualmente com o Botão de Disparo de Flash 21. Lembre de variar o ângulo do flash (disparado de cima, do lado, de baixo, etc) para todos os tipos de efeitos de luz interessantes.
  • Lembre-se de experimentar múltiplas exposições com o Flash. Experimente uma foto com luz branca e uma com cor. Experimente uma no modo "N” e uma no modo “B”. Coloque seu objeto em uma sala completamente preta (com um fundo preto) e crie um efeito estroboscópico à moda antiga, disparando seu flash manualmente várias vezes sobre um objeto em movimento, com o obturador aberto.

Descarregando

Ao contrário das câmeras de 35mm, não é necessário rebobinar filme 120. O rolo inteiro irá se transferir para o Eixo de Bobinamento 3. Depois de terminada a sua última foto (foto 12 ou foto 16, dependendo do seu formato), você precisará continuar girando o botão de avanço até que você perceba que a tensão foi completamente eliminada. Você também não verá nada atrás da janela vermelha do Seletor de Formato de Filme 4. Seu filme está agora completamente bobinado no Eixo de Bobinamento (3) e é seguro remover a Tampa Traseira 2. Retire seu rolo de filme exposto e sele-o com a pequena aba de papel no final. Algumas marcas têm uma aba auto-adesiva, e outras exigem que você lamba a aba. De qualquer maneira, é um grande momento! O lado esquerdo da câmera agora tem um eixo plástico vazio. Tranfira-o para o lado direito – com isso você terá reposto o Eixo de Bobinamento para o seu próximo rolo de filme.
A revelação deve ser feita em um laboratório fotográfico profissional. Se não houver nenhum na sua vizinhança, procure pela Internet – muito provavelmente há um laboratório próximo de você que atenda pelo correio.

Pinhole

Pinholes são um retorno aos primórdios da fotografia. No lugar de uma lente, você admite a entrada da luz através de um orifício minúsculo. A imagem resultante tem algumas características especiais:

  • Um visual de sonho, com foco suave;
  • Uma perspectiva com ângulo extremamente aberto, com linhas retas (sem distorção de olho de peixe);
  • Efeitos estranhos de longa exposição à luz do dia.

Como os orifícios de Pinhole são minúsculos, eles exigem um tempo de exposição relativamente grande para permitir a entrada de luz suficiente. Com filme ISO 400, você precisará de cerca de 2 segundos na luz de um dia claro, 30 segundos na sombra, 6 a 15 minutos em um ambiente interno iluminado, e cerca de 1 a 2 horas à noite. Dados estes tempos de exposição longos, qualquer coisa se movendo à frente da lente ficará borrada. Isso pode ser muito interessante para fotos à luz do dia de pessoas andando, carros passando correndo, cães latindo, etc. Você perceberá que fotos tiradas em ambiente interno ou à noite têm um efeito de vinheta mais marcado (bordas escuras e borradas) do que imagens capturadas à luz do sol. Tudo isso faz parte da diversão imprevisível da fotografia pinhole!

Sua DianaF+ tem duas diferentes configurações de Pinhole:

  • Pinhole real: Configure a Abertura para "P” e o Obturador para "B”. Segure firme o Encaixe Frontal da Lente 12, que é a parte da lente que fica à frente do Seletor de Velocidade do Obturador 8 e do Disparador 7. Lentamente e com cuidado gire-o no sentido anti-horário e remova a lente. Agora você está preparado para tirar uma tradicional fotografia pinhole com ângulo aberto. Você pode recolocar a lente alinhando o Encaixe Frontal da Lente 12 com os quatro encaixes de plástico atrás dela, e então girando-o no sentido horário. A palavra "Diana” na frente da lente estará na posição das 10 horas quando você os alinhar, e então deverá girar para a posição correta de 12 horas quando a lente estiver novamente encaixada.
  • Pinhole Magnum: Como antes, configure a abertura para "P” e o Obturador para “B”. Mas desta vez, deixe a lente no local. O resultado é uma imagem pinhole ligeiramente mais nítida com a distância focal normal de uma foto com a DianaF+. Isto é excelente para capturar efeitos com exposição super longa sem a perspectiva de ângulo extremamente aberto.

Panorama infinito

Montar uma imagem panorâmica é uma das mais fascinantes técnicas da fotografia analógica. Frequentemente, a panorâmica fica um pouco "deslocada” – conferindo um efeito realmente único e interessante. Com a Diana F+, você pode facilmente criar fotos panorâmicas tão compridas e abrangentes quanto você quiser.

Como você aprendeu na primeira seção, você precisa inserir o quadro panorâmico e configurar o Seletor de Formato de Filme 4 para “16”. Com estas configurações, não haverá quase nenhum intervalo entre as imagens, resultando em uma imagem panorâmica (mais ou menos) sem costuras.

E aqui vão quatro dicas para seu sucesso Panorâmico:

  • Se você quiser garantir que não há sobreposição entre os quadros, então avance um pouco mais do que o número da próxima exposição a cada vez. Por exemplo, filmes Fuji têm uma série de pontos entre os números de exposição. Estes fazem a contagem regressiva do seu avanço até o próximo número aparecer. Depois de disparar a foto “1”, avance para o primeiro ponto após o número “2”. Depois avance para o segundo ponto após o número “3”. E por aí vai.
  • Se você estiver fotografando uma paisagem panorâmica e quiser a mínima repetição possível entre os quadros, vire sua câmera cerca de 45 graus após cada foto. Ou vire muito menos – e saboreie o doce efeito das múltiplas exposições panorâmicas!
  • Use um tripé posicionado no chão para manter seus quadros panorâmicos individuais (mais ou menos) no mesmo plano.
  • É claro que você pode jogar todo o cuidado para o alto. Fotografe panoramas no formato de 12 imagens. Avance um quadro uma vez, depois meio quadro, depois qualquer coisa de um quadro. Dispare várias vezes em um único quadro, e só uma vez em outro. Coloque uma foto com flash no meio. Faça sua imagem panorâmica completamente aleatória e imprevisível. Os resultados podem ser fantásticos!

Resolvendo problemas

Minhas fotos à luz do dia estão realmente lavadas e borradas!
Ah, muito provavelmente você está fotografando com a configuração “B” do obturador por acidente. Lembre de usar "N” para a luz do dia.

Minhas fotos noturnas estão realmente borradas e loucas!
Para longas exposições nítidas, você precisa manter a câmera o mais estática possível. Use um tripé se você tiver um. Se não, apóie a câmera em uma superfície plana ou segure a respiração e pressione-a contra o seu rosto antes de disparar.

Minhas fotos à luz do dia estão realmente escuras.
Provavelmente você está usando a configuração para pinhole em vez de ensolarado. Ou, se elas estiverem só um pouco escuras, use um filme mais rápido. Você precisa de luz forte do sol para fotografar com ISO 100 ou mais lento no modo N.

Minhas imagens estão se sobreponto umas às outras
Verifique o formato do filme. Muito provavelmente você está com a câmera configurada para 16 mas está sem nenhuma máscara colocada.

Minhas imagens estão completamente pretas
Oops, parece que você deixou a tampa da lente colocada!

Várias das imagens da DianaF+ são escuras nos cantos (um efeito chamado “vinhetagem"). Por que as minhas não ficam assim?
Provavelmente você está usando o formato de 16 fotos pequenas quadradas. Tente usar o formato de 12 fotos – você conseguirá imagens maiores e mais vinhetagem e distorção nos cantos.

As imagens da minha DianaF+ são pequenas e cercadas por um grande quadro preto.
Novamente, tente fotografar no formato maior de 12 fotos.

Quando uso o Flash, minhas imagens ficam realmente escuras e granuladas
Com filme ISO 400, o Flash é mais eficaz a uma distância de 1m a 1,5m do seu objeto. Provavelmente, você está longe demais. E verifique que a sua Abertura não está configurada para Nublado. Se não for nada disso, sua pilha pode estar fraca, e o flash pode não estar disparando com toda a sua capacidade. Tente colocar uma pilha nova.

Cuidado e manutenção

Um pouco de cuidado é muito importante para manter sua DianaF+ em sua melhor forma:

  • Mantenha a tampa da lente colocada quando não estiver usando a câmera.
  • Não limpe a lente com qualquer produto químico agressivo ou solventes. Produto adequado para limpeza de lentes e um pano de lente macio são sua melhor alternativa.
  • Se o filme estiver realmente duro para avançar, não force. Você pode quebrar o mecanismo de avanço. Se você só começou a avançar o filme, então calmamente recarregue-o. Se você estiver no meio do rolo, então descarregue-o em um quarto completamente escuro ou em um saco vedado à luz.
  • Tenha cuidado quando transportar a DianaF+. Ela é bem durona, mas ainda é feita de plástico leve. Se você a colocar numa bolsa com coisas pesadas, ela pode se quebrar. Tenha em mente o bem estar dela.
  • Sempre remova o flash da sua DianaF+ antes de colocá-la em uma bolsa. Deixá-lo encaixado pode fazer o Flash sair forçado da sua câmera – e isso não é nada bom!

Notas

Aviso: Risco de asfixia! Esta câmera contém peças pequenas. Não é recomendada para crianças menores de 3 anos. Crianças menores de 8 anos devem utilizar o produto somente sob a supervisão de um adulto. A Lomographic Society International garante a qualidade de seus produtos. Se tiver qualquer problema com sua câmera, por favor entre em contato conosco para assistência imediata através do email: lomocustomerservice@lomography.com.

Contato e Garantia

Sua DianaF+ inclui uma garantia de 1 ano contra qualquer defeito de fabricação ou falha de produto. No caso de um defeito, a Lomographic Society irá reparar ou substituir a unidade a seu critério.
Para serviço de garantia ou para qualquer dúvida, por favor entre em contato com o escritório regional da Lomographic Society mais próximo de você.