La Sardina em Estereo

Muitas características da La Sardina fazem dela uma ótima escolha para fazer estereografias. Leia mais para descobrir o que eu fiz com a minha La Sardina.

La Sardina é uma câmera super divertida que é excelente para lomografia. Algumas mesmas características que fazem dela uma ótima escolha para lomografia também a torna uma ótima opção para fazer estereografia. A estereografia necessita de duas imagens – uma para o olho esquerdo e uma para o olho direito.

Existem várias maneiras de vê-las e existem programas gratuitos disponíveis, que permitem que você converta duas imagens em estereo em vários tipos de estereografia. Meu programa favorito para essa conversão é o “Stereo Photo Maker” que está disponível aqui em Inglês, Francês, Alemão, e Japonês.

Existem muitas maneiras possíveis de se fazer o par de imagens em estereo. A maneira mais básica é: tirar uma foto, mover a câmera por aproximadamente, a mesma distância entre os dois olhos humanos, então tirar outra foto. Um problema com esse método é que se alguma coisa se mover entre o click das fotos, ela não irá se alinhar corretamente e irá atrapalhar a estereografia.

Outro problema é que a diferença do ângulo em que a fotografia foi tirada vai dificultar o alinhamento das duas fotos. Outra solução é usar uma câmera estereo como a Holga 3D Stereo Pinhole ou várias outras disponíveis. Estas são uma boa solução, mas algumas delas são muito caras e podem ser grandes e pesadas. Muitas câmeras estereo produzem fotos half-frame que não tem a resolução e qualidade de uma foto full-frame.

Eles também produzem imagens com um estreito campo de visão horizontal de uma câmera padrão de 35mm, que quase derrota o propósito de uma câmera estéreo. No entanto, outra solução é fazer ou comprar um suporte de estéreo de montagem que lhe permite montar duas câmaras idênticas em um tripé. Esta é uma boa solução que permite obter grandes imagens em 3D. O problema com esta solução, no entanto, é que é grande e volumoso.

Há outra solução que também pode produzir resultados muito bons, se acontecer de você ter duas câmaras idênticas e estes se encaixarem muito bem. Você pode apenas pregá-las com uma fita adesiva e operar os obturadores simultaneamente. Isso é o que eu fiz com as minhas duas Sardinas:

Eu mencionei anteriormente que a La Sardina tem algumas características que a tornam uma boa câmera para fazer estereografia. Uma é o seu formato. Ela tem bons lados planos que se encaixam um contra o outro. É difícil juntar câmeras que têm os lados arredondados, como a maioria das câmeras possuem. Além disso, quando você juntá-las assim você ainda pode conectar dois flashes como este:

Isso elimina o problema de ter de sincronizar os dois obturadores e um flash. Flashes colocados como este realmente melhoram o efeito 3D quando as imagens são combinadas. Eu também experimentei juntando as La Sardinas assim:

Esse posicionamento ainda permite anexar ambos os flashes, mas torna a montagem mais compacta. Mesmo que este conjunto foi mais fácil de segurar, era mais difícil para disparar as janelas simultaneamente e produziu imagens com um estreito campo de visão horizontal, por isso, acabei preferindo a primeira configuração.

Outro recurso conveniente da La Sardina para fazer estereografia é que ela vem em várias cores. Eu sempre tiro com Cubic à direita e a Domino à esquerda para que eu não fique confuso. Antes de tirar as estereografias eu tiro uma foto dos álbuns sanfonados que vem com cada uma de modo que eu saiba qual filme foi tirado com qual câmera.

Mais algumas características que tornam La Sardina muito conveniente para a estereografia é a lente extremamente grande angular e à grande profundidade de campo, o que significa que tudo está em foco. Isso é importante para criar a ilusão de profundidade onde você quer tirar fotos de coisas de perto e longe.

Essas são as fotos que eu finalizei e depois eu organizei os pares e os processei usando o Stereo Photo Maker:

As imagens seguintes são vermelho / cian. Você vai precisar de um óculos estéreo vermelho / azul para vê-las:

Eu acho que tive resultados decentes, sem muito esforço. Mesmo as estereografias no modo retrato saíram bem, porque a lente extremamente ampla teve um ângulo adequado de visão horizontal mesmo segurando-a lateralmente. Eu poderia ter obtido resultados ainda melhores usando um tripé, cabo disparador, reduzir a desfocagem e fazer o alinhamento de imagens um pouco melhor, mas isso teria derrotado o propósito que era fazer uma leve, compacta e fácil de usar: câmera estereográfica.

No geral, eu fiquei muito feliz com os resultados. O que você achou? Se você tiver duas Sardina você deveria tentar.

written by gvelasco on 2012-02-16 in #gear #tipster #dicas #estereo #camera #estereograms #estereografia #alteracao-na-camera #la-sardina
translated by mariliabotelho

More Interesting Articles

  • 12 Meses, 12 Projetos: Junho - O Desafio EBS

    written by Maaike van Stratum on 2015-07-06 in #world #tipster
    12 Meses, 12 Projetos: Junho - O Desafio EBS

    A minha lista de resoluções para 2015 consiste em 12 projetos, um para cada mês. Em Junho, eu tentei EBS ("exposing both sides" ou "expor ambos os lados") uma vez mais para ver se conseguiria obter imagens perfeitamente simétricas - metade em redscale, metade normal.

  • Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    written by givesmehell on 2015-07-24 in #people #lifestyle #lomoamigos
    Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    Pei Ketron é uma fotógrafa extremamente talentosa que mora em São Francisco. Ela nasceu na Tailândia e foi criada na Reserva Navajo do Arizona. Pei passou sua infância nos desertos do Sudeste e seus verões contemplando a lua sob os trópicos. Ela ensina fotografia em diversas instituições tais como a Santa Fe Photographic Workshops e The Compelling Image, e tem uma impressionante lista de clientes, entre os quais Apple, Adobe e Bloomingdale. Continue lendo para descobrir o que ela tem a dizer sobre suas aventuras pelo mundo com a Lomo LC-A 120.

  • A Rota da Alegria: Uma Entrevista com o Fotógrafo de Viajens Réhahn

    written by Kwyn Kenaz Aquino on 2015-07-24 in #people
    A Rota da Alegria: Uma Entrevista com o Fotógrafo de Viajens Réhahn

    "Dep qua!" exclama Réhan numa conversa em vietnamita. Ao elogiarem a beleza da sua foto os nativos riem, e o fotógrafo, uma vez mais, saca câmera, que é por estas bandas tão bem-vinda quanto uma colheita abundante .

    2
  • Testes com rolos de 35mm e químicos

    written by blackfairy on 2014-11-09 in #gear #tipster
    Testes com rolos de 35mm e químicos

    Por vezes acontece que as fotos que esperava não correspondem ao que você inicialmente antecipou - a imagem não ficou bem, as cores ficaram um pouco aquém do esperado, e a foto acabou por ficar com aspeto banal. Posto isso, lhe proponho aqui uma segunda chance para seus negativos. É isso mesmo, experimente modificar os seus negativos de 35mm. Inspire-se nas ideias que lhe proponho e tente você mesmo em casa, scaneando os seus negativos com o smartphone scanner da Lomography por exemplo. Tudo é possível... Use a sua imaginação e anote a sua nova receita de filme!

  • O meu primeiro Lomo Affair: Jourdanlynch e a Holga 120N

    written by icequeenubia on 2014-12-05 in #lifestyle
    O meu primeiro Lomo Affair: Jourdanlynch e a Holga 120N

    Jodo e sua entourage costumavam ter uma abordgem um pouco sarcástica relativamente ás câmeras Holga, duvidando até da capacidade desses pedaços de plástico em tirar simples fotos. Depois de dar uma chance a essa câmera e tirar um rolo inteiro com a Holga 120N, Jodo mudou de perspectiva. Dê uma olhada nas fotos que o fizeram mudar de opinião!

  • Lomopedia: Lomography LomoChrome Turquoise XR 100-400

    written by Julien Matabuena on 2015-07-17 in #gear #reviews
    Lomopedia: Lomography LomoChrome Turquoise XR 100-400

    Embarque numa viajem surreal com a mais recente emulsão da Lomography que, tal como seu antecessor, Lomochrome Purple, transforma com facilidade diversas cores em tons marítimos e de âmbar.

  • Alguns dos mais recentes Lomographs feitos com a LC-A 120

    written by tomas_bates on 2014-11-02 in #lifestyle
    Alguns dos mais recentes Lomographs feitos com a LC-A 120

    A primeira entrega de câmeras LC-A 120 será enviada brevemente para os seus respetivos donos. Estará disponível para todos bem a tempo da quadra festiva que se aproxima! Curiosos com o que essa câmera medium format faz? Dêem uma olhada nos resultados obtidos pelo pessoal que tem vindo a testar a LC-A 120.

  • O Mundo de Acordo com Herr Willie: Brasília

    written by wil6ka on 2015-07-14 in #world #locations
    O Mundo de Acordo com Herr Willie: Brasília

    É uma utopia moderna, única no mundo: Brasília. A capital desse maravilhoso Brasil é o sonho de qualquer aficionado por arquitetura, a obra prima de Oscar Niemeyer. O arquiteto que criou a ilusão de uma vida melhor e que levou Brasília a ser declarada a Patrimônio Mundial da UNESCO em 1987. Isso é uma homenagem a linhas, curvas e ousadia.

  • Reviews on Rewind: Lomography Earl Grey B&W 100 ISO 35mm

    written by chooolss on 2014-11-03 in #reviews
    Reviews on Rewind: Lomography Earl Grey B&W 100 ISO 35mm

    Fotos clássicas em monochrome e grain - o que mais se poderia esperar de uma das melhores emulsões Earl Grey black & white para câmeras Lomography de 35mm? Saiba como esse filme se saíu entre 6 dos membros da nossa comunidade nesse <i>Reviews on Rewind Installment</i>

  • A Nova Lente Petzval 85: Skate e Fotografe com Alex Muccilli

    written by Samantha Norman on 2015-07-30 in #people
    A Nova Lente Petzval 85: Skate e Fotografe com Alex Muccilli

    Alex Muccilli é um fotógrafo em Nova Iorque cuja respeitável clientela inclui Phillip Lim, Vice Magazine e Tory Burch. Veja o que acontece quando ele leva a Petzval 85 para uma rodada.

  • Filme Lomography LomoChrome Purple XR 100-400

    written by guanatos on 2014-11-21 in #reviews
    Filme Lomography LomoChrome Purple XR 100-400

    A particularidade desse filme está na sua capacidade de transformar as cores originais por nós percebidas. Como é de conhecimento geral, as grandes transformações de cor manifestam-se com os verdes, mas e as outras cores? Veja em baixo o que eu descobri!

  • Speakers' Corner: Entrevista com o Fotógrafo Philip Wolmuth

    written by anamartaml on 2015-07-31 in #people #lifestyle
    Speakers' Corner: Entrevista com o Fotógrafo Philip Wolmuth

    Tendo uma respeitável carreira fotografando causas sociais, políticas e econômicas, Philip Wolmuth é capaz de iniciar um diálogo com o público através das suas poderosas imagens. Olhando a coleção de imagens do seu mais recente trabalho, parece impossível não ser atingido instantâneamente pela honestidade das emoções capturadas. A paixão, a raiva, o tumulto, a rebelião, o fervor, os gritos, a devoção; seu trabalho é verdadeiramente intoxicante. É como se as imagens estivessem berrando e, por um curto momento, você fosse transportado até ao Speakers' Corner, sem sair do seu lugar.