La Sardina em Estereo

2012-02-16

Muitas características da La Sardina fazem dela uma ótima escolha para fazer estereografias. Leia mais para descobrir o que eu fiz com a minha La Sardina.

La Sardina é uma câmera super divertida que é excelente para lomografia. Algumas mesmas características que fazem dela uma ótima escolha para lomografia também a torna uma ótima opção para fazer estereografia. A estereografia necessita de duas imagens – uma para o olho esquerdo e uma para o olho direito.

Existem várias maneiras de vê-las e existem programas gratuitos disponíveis, que permitem que você converta duas imagens em estereo em vários tipos de estereografia. Meu programa favorito para essa conversão é o “Stereo Photo Maker” que está disponível aqui em Inglês, Francês, Alemão, e Japonês.

Existem muitas maneiras possíveis de se fazer o par de imagens em estereo. A maneira mais básica é: tirar uma foto, mover a câmera por aproximadamente, a mesma distância entre os dois olhos humanos, então tirar outra foto. Um problema com esse método é que se alguma coisa se mover entre o click das fotos, ela não irá se alinhar corretamente e irá atrapalhar a estereografia.

Outro problema é que a diferença do ângulo em que a fotografia foi tirada vai dificultar o alinhamento das duas fotos. Outra solução é usar uma câmera estereo como a Holga 3D Stereo Pinhole ou várias outras disponíveis. Estas são uma boa solução, mas algumas delas são muito caras e podem ser grandes e pesadas. Muitas câmeras estereo produzem fotos half-frame que não tem a resolução e qualidade de uma foto full-frame.

Eles também produzem imagens com um estreito campo de visão horizontal de uma câmera padrão de 35mm, que quase derrota o propósito de uma câmera estéreo. No entanto, outra solução é fazer ou comprar um suporte de estéreo de montagem que lhe permite montar duas câmaras idênticas em um tripé. Esta é uma boa solução que permite obter grandes imagens em 3D. O problema com esta solução, no entanto, é que é grande e volumoso.

Há outra solução que também pode produzir resultados muito bons, se acontecer de você ter duas câmaras idênticas e estes se encaixarem muito bem. Você pode apenas pregá-las com uma fita adesiva e operar os obturadores simultaneamente. Isso é o que eu fiz com as minhas duas Sardinas:

Eu mencionei anteriormente que a La Sardina tem algumas características que a tornam uma boa câmera para fazer estereografia. Uma é o seu formato. Ela tem bons lados planos que se encaixam um contra o outro. É difícil juntar câmeras que têm os lados arredondados, como a maioria das câmeras possuem. Além disso, quando você juntá-las assim você ainda pode conectar dois flashes como este:

Isso elimina o problema de ter de sincronizar os dois obturadores e um flash. Flashes colocados como este realmente melhoram o efeito 3D quando as imagens são combinadas. Eu também experimentei juntando as La Sardinas assim:

Esse posicionamento ainda permite anexar ambos os flashes, mas torna a montagem mais compacta. Mesmo que este conjunto foi mais fácil de segurar, era mais difícil para disparar as janelas simultaneamente e produziu imagens com um estreito campo de visão horizontal, por isso, acabei preferindo a primeira configuração.

Outro recurso conveniente da La Sardina para fazer estereografia é que ela vem em várias cores. Eu sempre tiro com Cubic à direita e a Domino à esquerda para que eu não fique confuso. Antes de tirar as estereografias eu tiro uma foto dos álbuns sanfonados que vem com cada uma de modo que eu saiba qual filme foi tirado com qual câmera.

Mais algumas características que tornam La Sardina muito conveniente para a estereografia é a lente extremamente grande angular e à grande profundidade de campo, o que significa que tudo está em foco. Isso é importante para criar a ilusão de profundidade onde você quer tirar fotos de coisas de perto e longe.

Essas são as fotos que eu finalizei e depois eu organizei os pares e os processei usando o Stereo Photo Maker:

As imagens seguintes são vermelho / cian. Você vai precisar de um óculos estéreo vermelho / azul para vê-las:

Eu acho que tive resultados decentes, sem muito esforço. Mesmo as estereografias no modo retrato saíram bem, porque a lente extremamente ampla teve um ângulo adequado de visão horizontal mesmo segurando-a lateralmente. Eu poderia ter obtido resultados ainda melhores usando um tripé, cabo disparador, reduzir a desfocagem e fazer o alinhamento de imagens um pouco melhor, mas isso teria derrotado o propósito que era fazer uma leve, compacta e fácil de usar: câmera estereográfica.

No geral, eu fiquei muito feliz com os resultados. O que você achou? Se você tiver duas Sardina você deveria tentar.

escrito por gvelasco no dia 2012-02-16 em #equipamento #tutorais #tipster #dicas #camera #estereo #la-sardina #alteracao-na-camera #estereograms #estereografia
traduzido por mariliabotelho

Mais Artigos Interessantes

  • Beleza em um Instante: Ruby June Testa a Lomo'Instant Automat Glass

    escrito por lomographymagazine no dia 2017-03-21 em
    Beleza em um Instante: Ruby June Testa a Lomo'Instant Automat Glass

    Ruby June é uma amadora assumida da Lomography. "Desde a minha primeira câmera Lomo eu posso dizer honestamente, que a minha vida mudou." Nós estamos curiosos para saber o que ela pensa da Lomo'Instant Automat Glass.

  • Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-01 em #novidades
    Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    É aquela véspera do ano, onde quase já se pode ouvir o feriado batendo na porta. Mesmo que feriados normalmente estão aqui para dá uma pausa do seu trabalho das *9* as *5*, não tem nenhum motivo para não permitir a você uma quantidade saudável de preguiça e mesmo assim fazer umas coisas legais e criativas...

  • Adivinha quem voltou… O Retorno Fugaz do Filme Lomography Color Negative F²/400

    escrito por pan_dre no dia 2017-05-10 em #equipamento #novidades
    Adivinha quem voltou… O Retorno Fugaz do Filme Lomography Color Negative F²/400

    No começo deste ano, nós lançamos um tipo de filme de 35mm bastante memorável: o Lomography Color Negative F²/400. Nós recuperamos o último estoque de uma companhia italiana e guardamos ele por sete anos em condições especiais. Com a sua estética nostálgica e lindos tons de azul com um pouco de características de X-Pro, a venda deste filme fui muito sucedida e ele rapidamente saiu de estoque ao redor do mundo.

  • Novidades do Shop

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a adição mais legal para a nossa família criativa da fotografia instantânea—a Lomo'Instant Honolulu Edition ! Com a aparência super fresh com a sua paleta de cores limpas e seus detalhes de impressão de palmeiras, a nossa inspiração instantânea mais recente te leva para a cidade descontraída de Honolulu, Havaí. A brisa salgada do oceano, tiki bares exóticos, danças de hula atraentes e belas palmeiras, tudo esperando a sua criatividade ensolarada. Passe na nossa Loja Online ou em uma das nossas Lojas de Galeria em todo o mundo para obter a sua hoje!

  • Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-12-20 em #pessoas
    Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    Nós tivemos a honra de ater um papo com Sasha Guseynova, uma jovem fotógrafa de Moscou, cujo lindo trabalho se trata de capturar a beleza do momento. Ela começou a explorar o mundo da fotografia sete anos atrás e desde então ela é incrível para capturar emoções. Nesta entrevista, Sasha compartilha o que ela pensa de beleza e revela porque todos os bons retratos são baseados em confiança.

    2016-12-20
  • Best of Diana F+: Múltiplas Exposições

    escrito por lomographymagazine no dia 2017-10-17 em #cultura
    Best of Diana F+: Múltiplas Exposições

    Para celebrar uma década da Diana F+, nós colecionamos as melhores imagens feitas com a clássica câmera da Lomography. Veja como ela reorganizou e reformou o mundo nessa galeria de múltiplas exposições de tirar o fôlego.

    2017-10-17
  • Stoned in Melanchol: Uma Entrevista com Megan Doherty

    escrito por Ivana Džamić no dia 2017-10-03 em #pessoas
    Stoned in Melanchol: Uma Entrevista com Megan Doherty

    O trabalho de Megan Doherty se trata de capturar os melhores momentos da juventude e liberdade. Ela mudou para a fotografia analógica logo depois de ter percebido que ela traz uma estética especial às suas fotos. Megan sempre nos surpreender com o seu trabalho e sua habilidade de oferecer algo novo e diferente

    2017-10-03
  • Novidades do Shop

    Direto de Milão

    Direto de Milão

    Chegou alguém novo na cidade e há rumores de que ela é a solução sartorial aos seus desejos de fotografia instantânea. A nova Lomo’Instant Milano chegou! Seja corajoso, seja alto! A Milano Edition vem com um novo visual que certamente vai virar cabeças quando você tirar aqueles adoráveis snaps de tamanho de carteira . Canalize sua fashionista interior e comece a fotografar com esta nova adição à família crescente da Lomo'Instant. Pegue uma no Online Shop agora!

  • LomoAmigo: Burçin Esin

    escrito por merveengin no dia 2016-12-15 em #pessoas
    LomoAmigo: Burçin Esin

    Fotógrafo, cineasta e músico Burçin Esin capturou as suas viagens recentes com a LC-A +. Continue lendo para dar uma olhada nas suas fotos que lembram cenas de filmes em Istanbul, Budapeste e Bratislava e para conhecer Burçin um pouco melhor.

    2016-12-15
  • LomoAmigo Erhan Baran e Retratos com o LomoChrome Purple

    escrito por nural no dia 2017-10-17 em #pessoas
    LomoAmigo Erhan Baran e Retratos com o LomoChrome Purple

    Erhan Baran que mora em Silivri usou o New LomoChrome Purple nos seus retratos recentes. Continua lendo para saber mais sobre ele e as suas fotos – e veja como o LomoChrome Purple transforma áreas verdes!

    2017-10-17
  • Meu primeiro encontro com a Diana F+: @orangebird

    escrito por lomographymagazine no dia 2017-10-16 em #pessoas
    Meu primeiro encontro com a Diana F+: @orangebird

    Em honra dos 10 aninhos da câmera Diana F+, a lomógrafa @orangebird compartilha a história do seu primeiro encontro com a Diana F+.

    2017-10-16
  • Novidades do Shop

    O Bazar da Lomography

    O Bazar da Lomography

    Estamos sempre indo longe a busca, procuramos meticulosamente, caçamos e escolhemos às mãos, uns dos equipamentos mais experimental e alternativo por aí – e agora nós temos todos reunidos em uma categoria de loja fácil de navegar, prontos para a colheita! No Lomo-Bazar, você também pode fazer parte do nosso processo de recolha e coleção de novos produtos frescos, tesouros raros e criações de crowd-fundings para vender na loja – afinal, é tudo para você! "Entre em contato com a gente":https://docs.google.com/a/lomography.com/forms/d/13Tvg6uZN_4myQZYdHLhRjeQbdJ3po5dn_SQW3CYoy9E/viewform?c=0&w=1 para compartilhar as suas sugestões para produtos incríveis – vá em frente, estamos ouvindo!

  • PJ Harvey: Capturando a Turnê com a LC-A+

    escrito por lomographysoholondon no dia 2017-10-10 em #novidades #pessoas
    PJ Harvey: Capturando a Turnê com a LC-A+

    Cantora, compositora e poeta inglesa PJ Harvey recentemente levou a LC-A+ na turnê pela Austrália e Ásia apoiando o seu álbum The Hope Six Demolition Project. Ficamos encantados de poder dar uma olhadela na vida de uma música em movimento através dos olhos dessa câmera analógica clássica.

    2017-10-10
  • Amizades Estrangeiras Através de Filme: Uma Entrevista com a Criadora do Blog 'Film Based Traveler' Nicole Yeoh

    escrito por crissyrobles no dia 2017-10-10 em
    Amizades Estrangeiras Através de Filme: Uma Entrevista com a Criadora do Blog 'Film Based Traveler' Nicole Yeoh

    Nicole Yeoh tem um blog localizado em Singapura Film Based Traveler onde ela escreve sobre os seus passeios fotográficos e como fazer boas amizades através da fotografia analógica. Nós batemos um papo com ela sobre a sua lealdade ao filme.

    2017-10-10
  • “EXPOSÉ”:Fotos Encontradas de uma Câmera de 1929

    escrito por lomographymagazine no dia 2017-10-10 em #novidades
    “EXPOSÉ”:Fotos Encontradas de uma Câmera de 1929

    Era uma vez um bazar holandês, onde um fotógrafo chamado Martijn van Oers comprou uma câmera dobrável do começo do século 20. Mal sabia ele, que dentro da câmera, tinha um filme exposto e não revelado.

    2017-10-10