Faça Mais Com Aquele Filme Redscale

Nosso herói divulga segredos confidenciais, dicas e truques para você testar com seu próximo rolo de filme redscale.

Credits: rrohe

Novo na fotografia com redscale? Experimentou com redscale e quer tentar algo diferente? Bom, leia adiante para algumas dicas que vão te ajudar a aproveitar ao máximo sua próxima aventura em redscale.

Deixe a luz entrar! Você sabia que variando a quantidade de luz exposta, a imagem final pode mudar drasticamente? Com apenas luz suficiente para expor o seu filme, você acabará com imagens monocromáticas vermelhas/laranjas/amerelas/douradas. Mas, se você deixar mais luz entrar, terá um resultado bastante diferente. Neste caso, o resultado final será uma imagem quase normal colorida com tons alaranjados.

Credits: rrohe

Tente uma velocidade diferente. A maioria dos filmes redscale são de ISO 400 transformados em 200 para o efeito monocromático vermelho. Mas, se você aplicar essa lógica para outras velocidades, pode alterar o resultado ainda mais. ISO 800 ficará mais ganulado e noisy, enquanto 160 te dará uma imagem com grãos bem mais finos. Dê uma olhada nas fotos abaixo:

Rolo de 400 (1), rolo de 800 (2), rolo de 160 (3)

Variedade é o tempero da vida. Assim como filme slide em processo cruzado, descobri que diferentes marcas (e mesmo modelos dentro delas) de filme terão resultados diferentes quando fotografamos em redscale. Note as diferenças de cores nas fotos a seguir:

Kodak Portra 160NC, meu favorito (1), Fuji Superia 400 (2), Kodak 400 (3)

Por fim, tente fazer múltiplas exposições com seu rolo de filme redscale. Aqui vão algumas fotos que eu fiz com a La Sardina.

Credits: rrohe

Espero que isso tudo tenha sido útil. Sinta-se a vontade para postar suas fotos nos comentários. Eu adoraria ver como ficaram seus redscales!

written by rrohe on 2012-02-26 in #gear #tipster #diy #sardina #filme #redscale #iso #dica #luz
translated by giuli

More Interesting Articles