Um amor que despertou outro amor

2012-05-07

Antes eu era uma fã obstinada por câmeras digitais, mas nesse ano fui inserida no mundo da fotografia analógica e estou amando isso!

Há algum tempo atrás, em dezembro do ano passado, meu namorado, que tinha começado a gostar de fotografia analógica alguns meses atrás, estava compartilhando comigo os desafios desse estilo fotográfico. E eu, como uma boa fã obstinada por câmeras digitais (point-and-shoot), simplesmente levantei a sobrancelha e respondi de forma trivial: “Não é só apertar o botão do obturador e tirar uma foto? O que é tão difícil nisso?”

Então o pobre namorado passou os 20 minutos seguintes tentando me explicar os dificuldades da fotografia analógica e que grandes fotos não são tiradas com um mero apertar de botão. Sabendo o quão teimosa eu poderia ser, resolveu desistir naquele dia. Sua paixão pela arte analógica continuou a crescer dia após dia, eu o via procurando por artigos sobre fotografia na internet.

No feriado de dezembro, saímos com um monte de amigos e ele trouxe sua nova bebê, uma Yashica Electro 35. Eu, é claro, trouxe minha verdadeira companheira: uma sedutora, suave e dotada de um vermelho meio pimenta Canon, que eu tinha comprado há uns meses atrás. Ao longo da viagem, eu o via fotografando. Ele tirava fotos dos objetos mais comuns, uma flor num arbusto, uma placa ao sol, eu não tirava. Eu era perfeitamente feliz com as capacidades do temporizador da minha câmera, que permitia que nosso grupo tirasse as fotos mais incríveis de todas, nas dunas de areia que visitamos (estávamos no Vietnã).

Quando chegamos em casa, ele revelou as fotos que tinha tirado e eu tive que engolir tudo o que eu disse. Talvez para os profissionais lá fora, as fotos que ele tirou fossem normais, sem nada de extraordinário, nada de especial. Mas eu fiquei completamente surpresa. Eu não estava lá quando ele tirou a foto daquele letreiro feio? Ali estava ele, capturado numa fotografia, com radiantes raios de luz do Sol que se derramavam de forma linda sobre o metal que refletia um tom brilhante e reluzente. As outras fotografias da viagem ficaram maravilhosas e a partir daquele momento, a fotografia analógica me ganhou.

Só consegui minha própria câmera analógica mais tarde quando meu namorado me fez uma surpresa no Dia dos Namorados. Essa câmera sem frescuras era perfeita pra mim, uma boba que achava sua Yashica incompreensível mesmo depois de cinco meses de uso. Preciso dizer que tive muita diversão com essa câmera! Palavras não podem expressar a alegria e expectativa que eu sinto quando envio meus filmes para serem revelados. Nós viajamos outra vez no fim de fevereiro, dessa vez para Bangkok e eu a trouxe comigo. Bom, a Canon veio também, mas dessa vez, a pequena vermelha foi banida pra minha mochila até o pôr-do-sol (já que minha outra câmera não pode tirar fotos à noite). Já faz quase dois meses que minha primeira câmera analógica e agora eu mal posso esperar para explorar outras câmeras (construí minha própria Recesky recentemente e tem uma Olympus Trip a caminho!)

Não tenho como agradecer meu namorado por me trazer para o mundo da fotografia analógica! Aqui estão algumas fotos pra vocês! Continuo sendo uma novata, mas espero que eu melhore com o tempo!

escrito por fumu no dia 2012-05-07 em #lifestyle #bangkok #novato #feriado #cameras-analogicas #lentes-super-grandes
traduzido por ilikephoto

Mais Artigos Interessantes

  • Fotos de Um Sonho: Rachel Gist Fotos de Um Sonho:

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-10-13 em #pessoas
    Fotos de Um Sonho: Rachel Gist Fotos de Um Sonho:

    Inspirada por sonhos e a sua natureza surreal, fotógrafa e cineasta Rachel Gist recria estas cenas de outro mundo através da fotografia analógica. Aqui, ela compartilha umas das suas imagens favoritas feitas com filmes LomoChromes.

  • Ferry Verheij: Um Contador de Histórias

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-07-29 em #pessoas
    Ferry Verheij: Um Contador de Histórias

    Pode ser dito que fotografia é mais do que apenas um clique na câmera, ela deixa os momentos, as pessoas e emoções viverem para sempre. Isso foi confirmado a nós por um fotógrafo excepcional holandês Ferry Verheij, cujo as fotos representam histórias de todas as pessoas e lugares que ele teve a chance de conhecer.

    2016-07-29
  • A Cena Perfeita: Uma Entrevista com Bobby Vu

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-11-29 em #pessoas
    A Cena Perfeita: Uma Entrevista com Bobby Vu

    Bobby Vu é um diretor e fotógrafo de Los Angeles que compartilha a sua paixão pela fotografia e pelo cinema. Ele ficou famoso pelas suas curtas-metragens e por isso é claro que as suas fotos nos lembram daquelas cenas mágicas dos filmes dos anos 80.

  • Novidades do Shop

    Direto de Milão

    Direto de Milão

    Chegou alguém novo na cidade e há rumores de que ela é a solução sartorial aos seus desejos de fotografia instantânea. A nova Lomo’Instant Milano chegou! Seja corajoso, seja alto! A Milano Edition vem com um novo visual que certamente vai virar cabeças quando você tirar aqueles adoráveis snaps de tamanho de carteira . Canalize sua fashionista interior e comece a fotografar com esta nova adição à família crescente da Lomo'Instant. Pegue uma no Online Shop agora!

  • Seja criativo com a Lomo'Instant Automat: Não Espere As Coisas Acontecerem, Faça Elas Acontecerem

    escrito por Lomography no dia 2016-08-19 em #equipamento #tutorais

    Mal pode esperar para por suas mãos na sua própria câmara Lomo'Instant Automat? Siga os nossos truques para que possa dominar e tirar o máximo proveito da sua câmera instantânea,assim que ela vem bater na sua porta! Desta vez, queremos cair fora no mundo e fazer com que as coisas aconteçam!

    2016-08-19
  • Tender Blue por Pak Ning com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens

    escrito por phyllistc no dia 2017-01-10 em #pessoas
    Tender Blue por Pak Ning com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens

    Pak Ning é um fotógrafo de retratos de Hong Kong. Desta vez, ele fotografou com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens com o tema de expressar a onda do azul sensível através de gestos diferentes.

  • Apresentando a Nova Lomo’Instant Murano

    escrito por Lomography no dia 2017-01-10 em #equipamento #novidades
    Apresentando a Nova Lomo’Instant Murano

    A mais recente Lomo'Instant nos faz sonhar com passeios românticos de gondola, passando casas coloridas pelos canais venezianos. Compartilhe o amor com a Lomo’Instant Murano!

  • Novidades do Shop

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a adição mais legal para a nossa família criativa da fotografia instantânea—a Lomo'Instant Honolulu Edition ! Com a aparência super fresh com a sua paleta de cores limpas e seus detalhes de impressão de palmeiras, a nossa inspiração instantânea mais recente te leva para a cidade descontraída de Honolulu, Havaí. A brisa salgada do oceano, tiki bares exóticos, danças de hula atraentes e belas palmeiras, tudo esperando a sua criatividade ensolarada. Passe na nossa Loja Online ou em uma das nossas Lojas de Galeria em todo o mundo para obter a sua hoje!

  • Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-12-20 em #pessoas
    Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    Nós tivemos a honra de ater um papo com Sasha Guseynova, uma jovem fotógrafa de Moscou, cujo lindo trabalho se trata de capturar a beleza do momento. Ela começou a explorar o mundo da fotografia sete anos atrás e desde então ela é incrível para capturar emoções. Nesta entrevista, Sasha compartilha o que ela pensa de beleza e revela porque todos os bons retratos são baseados em confiança.

  • Acontecimentos em Filme: A Urgência dos Refugiados em Como

    escrito por sirio174 no dia 2016-12-15 em #cultura #pessoas #lugares
    Acontecimentos em Filme: A Urgência dos Refugiados em Como

    Neste artigo eu vou mostrar uma emergência séria na minha cidade Como, pero ta borda Suíça. a chegada de centenas de refugiados e migrantes da África e do oriente Médio, dos seu primeiro acampamento perto da estação de trem até a acomodação final em um lugar melhor.

  • LomoAmigo: Burçin Esin

    escrito por merveengin no dia 2016-12-15 em #pessoas
    LomoAmigo: Burçin Esin

    Fotógrafo, cineasta e músico Burçin Esin capturou as suas viagens recentes com a LC-A +. Continue lendo para dar uma olhada nas suas fotos que lembram cenas de filmes em Istanbul, Budapeste e Bratislava e para conhecer Burçin um pouco melhor.

  • Novidades do Shop

    O Bazar da Lomography

    O Bazar da Lomography

    Estamos sempre indo longe a busca, procuramos meticulosamente, caçamos e escolhemos às mãos, uns dos equipamentos mais experimental e alternativo por aí – e agora nós temos todos reunidos em uma categoria de loja fácil de navegar, prontos para a colheita! No Lomo-Bazar, você também pode fazer parte do nosso processo de recolha e coleção de novos produtos frescos, tesouros raros e criações de crowd-fundings para vender na loja – afinal, é tudo para você! "Entre em contato com a gente":https://docs.google.com/a/lomography.com/forms/d/13Tvg6uZN_4myQZYdHLhRjeQbdJ3po5dn_SQW3CYoy9E/viewform?c=0&w=1 para compartilhar as suas sugestões para produtos incríveis – vá em frente, estamos ouvindo!

  • Sair Por Aí: Estudando Espaços Urbanos

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-13 em #cultura
    Sair Por Aí: Estudando Espaços Urbanos

    Tem tanta coisa acontecendo, mesmo em espaços urbanos apertados. Aqui está o que você vê nas ruas da cidade.

  • Escapadelas Criativas Durante As Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-06 em #novidades
    Escapadelas Criativas Durante As Férias

    Não importa se você gosta mais do verão ou do inverno, você provavelmente já está impaciente, querendo entrar nas férias e passar uns dias sem ter que se preocupar com qualquer coisa.

  • Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-01 em #novidades
    Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    É aquela véspera do ano, onde quase já se pode ouvir o feriado batendo na porta. Mesmo que feriados normalmente estão aqui para dá uma pausa do seu trabalho das *9* as *5*, não tem nenhum motivo para não permitir a você uma quantidade saudável de preguiça e mesmo assim fazer umas coisas legais e criativas...