Voltar às Origens: Processo Cruzado

Muitas vezes intimidante para novos Lomográficos, Adam partilha a sua experiência com filme slide de revelação cruzada.

Por muito tempo esta foi a minha imagem mais popular, com mais de 200 likes. Este é o (difícil de dominar) Kodak Elite Chrome.

Primeiro que tudo,peço desculpa por estar um pouco atrasado este mês, e também por não continuar com os Filtros Parte II. Estou no processo de tentar reunir mais exemplos de filtros, e precisa do tempo certo para realmente dar uma boa demonstração do Polarizador Circular.

Entretanto, eu queria falar sobre Revelação Cruzada (ou X-Pro). Estamos basicamente a chegar ao fim dos assuntos que gostaria de discutir que estão relacionados com a ciência e tecnologia, e as coisas básicas da fotografia. Já falámos sobre filme, já falamos sobre os controles da câmera…

Então, agora, estamos nos aventurando em criatividade. Já disse no passado, que existem na comunidade pessoas bem mais criativas que eu, e deixarei a eles a tarefa de compartilhar seus talentos, dicas e truques. Eu tenho acumulado conhecimento e tenho posto em prática, dividindo com os outros (e com você, meu caro leitor).

Todos os filmes são desenvolvidos para ser processados com alguns tipos de químicos. Filme Negativo de Cor é desenhado para ser processado com um químico chamado de C-41. Filme Slide or ‘Colour Reversal Film’ é desenhado para ser processado em um químico chamado de E-6. O Filme Slide foi desenvolvido para criar slides que você pode projetar e também permide uma maior gama de cores que o Negativo de Cor. Os Slides (também conhecidos como transparências) foram, de fato, a escolha de profissionais durante anos, antes de chegar a era digital.

DICA TOP: Sobre os pacotes de filme de slide, muitas vezes você vai ver outros produtos químicos mencionados, mas desde que E-6 esteja listado, está tudo bem. No entanto, evite Kodachrome, esse não pode ser processado em Revelação Cruzada!

Existem muitos tipos de desenvolvedores para Filme Preto e Branco, mas não vamos falar sobre esses hoje.

Quando você vê a Revelação Cruzada mencionada neste site, ou nos livros legais que vêm com produtos Lomography, eles estarão normalmente falando sobre ter filme de slide projetado para E-6 e processá-lo no C-41.

Ao longo deste artigo eu tenho colocado algumas das minhas mais populares Lomografias feitas em Revelação Cruzada.

Isto tem 4 efeitos principais:

1) Ela destrói o filme, ainda o tortura, e é uma blasfêmia ao seu propósito original!
2) Cria um profundo contraste entre claro e escuro na imagem final.
3) Altera a cor para uma diferente, que chamamos de Color Shift (mudança de cor).
4) Ficam absolutamente espantosas, criam mundos diferentes e abre a Lomografia para um aspecto de criatividade totalmente novo.

Eu ajudei a iniciar um grupo de Lomógrafos aqui na Nova Zelândia. O que me espantou quando nos conhecemos foi como poucas pessoas tinham tentado Revelação Cruzada. Era quase como se ela parecesse uma perspectiva cara, difícil e assustadora.

Credits: adam_g2000

Quando eu comecei na Lomografia, depois de deixar de lado a fotografia com filme por uma década, foi a primeira coisa que eu tentei. Eu tenho feito isso muito e posso compartilhar algumas dicas com vocês, novatos, que ainda agora começaram.

1) Pode ser um pouco mais caro, mas não deve ser muito mais caro, no entanto — veja seu preço em várias lojas, se puder. O Filme de slide definitivamente é mais caro, mas se você comprá-lo expirado, não importa.

2) Alguns laboratórios não o farão. Não deixe que isso o pare, tem de encontrar um que o faça.

3) Certifique-se de dizer ao laboratório para não corrigir a cor quando você lhe pedir para fazer Revelação Cruzada. Você terá algo muito parecido olhando para as costas de negativos de cor normais. Se você disse a eles isso, e você recebeu fotos que ficaram normais DIGA-LHES PARA O FAZER DE NOVO!

4) Laboratórios apropriados lhe darão melhores resultados que os labs que revelam em uma hora.

5) Espere o inesperado. As imagens não ficarão normais.

6) Fico à espera que este tipster tenha uma reação nos comentários. Não começem a Revelação Cruzada com Kodak Elite Chrome. Todas as vezes que uso esse filme, fico com fotos deslavadas, Pode acontecer com você também, abalando sua confiança. Eu acho que a melhor aposta é um dos filmes mais previsíveis da Fuji, com um Provia, ou Velvia ou ainda os Lomography Slide Filmes que foram concebidos com este propósito.

7) Não fotografe o Sol, não ficará nada no quadro.

8) Fotografe um ponto (f-stop) para cima do que o filme diz no pacote. Se diz 100 ISO/ASA fotografe em 200. Se ele diz 200, tente 400. Na minha experiência, porém, pare por aqui. Acho que 400 é melhor no 400.

9) Ignore o ponto 8 e experimente.

10) O que quer que faça, experimente, experimente, experimente!

Clique aqui neste artigo mais velho que escrevi que fala sobre mudanças de cor, se quiser leia.

Credits: adam_g2000

Há mais uma possibilidade, um pouco menos comum. Isso envolve a Revelação Cruzada de um Filme Negativo em E-6. Esta é, para mim, a fronteira final, eu nunca fiz isso, mas se você estiver interessado, existem muitos artigos neste site.

Sei que isso é pouco mais do que uma breve introdução (é, afinal, Voltar às Origens!), então que tal alguns comentários dos experientes ou links para outros excelentes artigos X-Pro? Quem quer tentar? Gostou?

Voltar às origens é uma série mensal de Dicas & Truques por Adam Griffiths onde ele procura transmitir conhecimentos de fotografia um pouco mais técnico. Para cada artigo, ele escolhe um tema fundamental e explica-o rapidamente e em termos simples (com exemplos, sempre que possível).

escrito por adam_g2000 no dia 2012-08-11 em #equipamento #tipster #e-6 #negativo-de-cor #filme #dica-e-truque #desenvolvimento #x-pro #cruzada #c-41 #revelacao
traduzido por margaridamourao89

Mais Artigos Interessantes

  • Minha Primeira Experiência Lomo : Pierrickmorin e a sua Konstruktor

    written by Eunice Abique on 2015-07-08 in #people
    Minha Primeira Experiência Lomo : Pierrickmorin e a sua Konstruktor

    Sendo um cientista, Pierrick fica muitas vezes curioso em relação aos mecanismos e funcionamento das coisas. A sua primeira experiência com fotografia de filme não foi exceção. Desejoso por saber mais sobre os mecanismos interiores de uma máquina fotográfica de filme, ele começou do zero e testou as suas capacidades "DIY" (faça você mesmo) com a câmera Konstruktor.

    1
  • Conheca a nossa LomoGuru: roxyvonschlotterstein

    written by lomography on 2015-11-10 in #world #lifestyle
    Conheca a nossa LomoGuru: roxyvonschlotterstein

    Uma paixão profunda se enraizou na sua infância, fotografia serve como uma forma de meditação e um escape criativo para a membro da comunidade na Alemanha roxyvonschlotterstein. Fora uma LomoHome bem ativa, ela se esforça para participar de projetos fotográficos e atividades com seus companheiros lomográficos alemães. Nessa entrevista, ela compartilha mais sobre suas experiencias memoráveis na comunidade, pensamentos sobre fotografar com filme, e um pouquinho sobre o seu nome da LomoHome.

  • Um Segredo do Cosmos: Lançando o Mais Novo Produto da Lomography

    written by Lomography on 2016-01-19 in #gear #news
    Um Segredo do Cosmos: Lançando o Mais Novo Produto da Lomography

    Psssiu! Nós temos matéria secreta nas nossas mãos, e está chegando à velocidade da luz! Nós estamos sendo tão misteriosos quanto o Cosmos sobre o nosso novo produto que não é desse mundo, constantemente em órbita sobre a nossa grande revelação. Mas a eclipse passará e logo logo as estrelas irão se alinhar. Até lá, tem que ter algumas perguntas flutuando no universo, certo? Bem, não precisa olhar para as estrelas para encontrar a sua resposta! Fique no mesmo comprimento de onda que a Lomography, e se segure enquanto nós vamos com hyperdrive. Deixe a sua imaginação livre como um foguete e veja se você consegue decifrar as nossas pistas sobrenaturais!

  • A fotografia de Réka Koti: Borrões Lo-Fi e Atmosferas nevoentas

    written by K. Aquino on 2015-10-05 in #people #lifestyle
    A fotografia de Réka Koti: Borrões Lo-Fi e Atmosferas nevoentas

    Fotos de viagens muitas vezes são ágeis, as formas são definidas e as cores afiadas. Réka Koti tem uma interpretação completamente diferente. Um lugar é uma base para experimentos. A natureza é um detalhe duplo exposto ou uma nublina do vestido da sua modelo. Galhos e folhas se borram para parecer pinceladas. O resultado é misterioso e a Lomografia não resiste a pergunta: Qual é a alquimia atrás dessas fotos sombrias?

  • Fotógrafo Wilson Lee Fotografa Retratos com a Nova Lente Petzval 58 Controle de Bokeh

    written by karykary on 2015-08-03 in #people #lifestyle #lomoamigos
    Fotógrafo Wilson Lee Fotografa Retratos com a Nova Lente Petzval 58 Controle de Bokeh

    Fotógrafo Wilson Lee da Teeny Life Photography é especialista em fotografia de viajem e em retratos. Anteriormente, ele já tinha experimentado fotografar com a Petzval 85 Art Lens e com a Minitar-1 Art Lens, e agora partilha conosco seus refrescantes retratos usando a Nova Lente Petzval 58 Controle de Bokeh. Ele nos conta sobre sua experiência com a Petzval nessa entrevista exclusiva.

  • O Herói desconhecido por trás da Fotografia colorida.

    written by lomographymagazine on 2015-11-07 in #world #lifestyle #videos
    O Herói desconhecido por trás da Fotografia colorida.

    James Clerk Maxwell se tornou o exemplo para os primeiros passos da fotografia colorida. Um fato menos conhecido: Depois da sua famosa apresentação com pedaços de fita, outro homem introduziu um processo qual tanto a comunidade cientifica, como a fotográfica acharam incrivelmente precisa. Aqui temos uma cronologia.

  • LomoChrome Purple and LC-A 120: Retratos Místicos por Issa Ng

    written by karenatsoi on 2015-12-14 in #people #lomoamigos
    LomoChrome Purple and LC-A 120: Retratos Místicos por Issa Ng

    Ainda se lembram dos retratos lindos de fashion tirados com a Petzval 85 por Issa Ng? O fotógrafo de moda de Hong Kong se aventurou de novo em um projeto fotográfico novo, mostrando suas sensibilidades criativas com a câmera LC-A 120 e o filme LomoChrome Purple.

  • 9 Maneiras De Usar A LomoKino

    written by Julien Matabuena on 2015-08-11 in #gear #tipster #videos
    9 Maneiras De Usar A LomoKino

    Reencarne seu cineasta favorito e crie sua própria obra-prima analógica digna de uma tela prateada com a LomoKino ! Aqui, nós vasculhámos a comunidade para descobrir as técnicas para fazer filmes mais criativos.

  • Blue for Hue: Visão de Dia e Noite com o Filme Kono! Donau

    written by Lomography on 2015-10-22 in #gear #news
    Blue for Hue: Visão de Dia e Noite com o Filme Kono! Donau

    Nem todas as fotos foram feitas para ser vistas em cores vibrantes e saturadas, e nem sempre elas são feitas para o preto e branco. A Lomografia dá as boas-vindas para um novo filme da KONO! O filme reanimado. Sem diminuir o valor estético das imagens, o filme KONO! Donau 35mm lança um tom azul distinto para as fotos. É um filme de ultra-baixo ISO que se usa principalmente para longas exposições. Dê uma olhada nessa seleção colorida de imagens.

  • Do Estudante pro Fotógrafo de Conta Própria - Kevin Biberbach fala sobre o seu Trabalho e a Nova Petzval 85

    written by zonderbar on 2015-07-23 in #people
    Do Estudante pro Fotógrafo de Conta Própria - Kevin Biberbach fala sobre o seu Trabalho e a Nova Petzval 85

    Quem de nós não sonha com poder fazer dinheiro fotografando? Transformar o seu hobby em trabalho ou desistir do segundo emprego para trabalhos de fotografia pagos? Kevin Biberbach, é um estudante de Aachen, que conseguiu isso com o seu projeto de 365 dias "EVERY DAY" que chamou tanta atenção,que os encargos foram vindo sozinhos e agora ele paga as contas tirando fotos em casamentos, para casais e famílias. Na entrevista com a Lomography, ele nos conta sobre o seu projeto, sua paixão a fotografia e a nova lente Petzval 85.

  • Quioto Em Um Segundo

    written by lomographymagazine on 2015-08-10 in #gear #lifestyle
    Quioto Em Um Segundo

    Como um agrupamento de cerejeiras em flor, os templos em Quioto travam os turistas em suas caminhadas. As pessoas posam como estátuas, com a câmera balançando do pescoço ou levando ela nas mãos. O impulso de fotografar todos os ângulos é constante, principalmente para quem visita a cidade pela primeira vez. O templo Kinkaku-ji e Fushimi Inari-Taisha estão sempre cheios de visitantes. Seria de esperar que os turistas apenas passassem por lá de maneira breve, mas a verdade é que eles estão demasiado ocupados fotografando Quioto inteira.

  • Lições de Fotografia Vintage: Liderando o Olho

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-02-12 em #mundo #estilo de vida
    Lições de Fotografia Vintage:  Liderando o Olho

    O Vintage não tem que ser velho e esquecido. Estas amostras de arquivo servem como memorandos para onde direcionar o olho e como criar profundidade em uma imagem.