Uma carta para a minha Canon EOS 88

Queria uma diferente abordagem na escrita de uma revisão, por isso em vez do típico artigo escrevi uma carta à minha Canon EOS 88.

Querida Dos,

Antes de tudo, queria agradecer-te por todas as maravilhosas fotografias que me tens dado. Deste-me a oportunidade de ter uma fotografia na secção das Fotografias Seleccionadas e também és a razão pela qual ganhei um Rumble.
És a minha segunda câmera analógica e ensinaste-me muito, és uma das razões pela qual continuo a disparar com filme.

Credits: walasiteodito

Eu queria que soubesses que te admiro por seres ao mesmo tempo simples e sofisticada. Simples porque tens todos os símbolos como cara para retrato, montanha para paisagem, flor para macro, símbolo do desporto e o quadrado verde para tudo em automático, és com certeza uma câmera muito amiga do utilizador para principiantes. Sofisticada porque tens todas as outras opções para utilizadores mais avançados, P para Programa, Tv para Prioridade à Velocidade, Av para Prioridade à Abertura e M para tudo em manual.

Fiquei surpreendido quando vi muitas opções para ISO porque sei que poucas câmeras analógicas conseguem variar dos 6 ao 6400. Tens auto focus, auto wind, múltipla exposição até 9 vezes, um flash embutido e um hotshoe, que mais poderia eu pedir de ti?

Credits: walasiteodito

E a minha parte preferida, a tua habilidade escondida que só descobri recentemente: a capacidade para capturar múltiplas acções num único frame. Programando-te para múltipla exposição e primindo o botão de disparo as tuas rápidas lentes continuam a captar múltiplas acções num único frame! Quão bacana é isso? Eu sei que ainda não aprefeiçoei essa capacidade, mas acredito que em breve nós vamos os dois melhorar essa técnica.

Credits: walasiteodito

Novamente obrigada por seres uma câmera tão maravilhosa. Prometo que quando tiver algum dinheiro extra levo-te a uma loja fotográfica para te limpar e lubrificar ou até comprar uma lente nova. Espero que o futuro nos traga muito mais aventuras! É tudo por agora e, pela milionésima vez, obrigada!

O teu muito contente amigo e utilizador,

Teo

written by walasiteodito on 2012-08-24 in #reviews #lomografia #review #film-slr #camera #canon-eos #multiple-exposure #user-review #lomography #walasiteodito #filme #revisao #canon #camera
translated by anamachado

More Interesting Articles

  • Bridge Hopping: Escapar de Lisboa em direção as praias de Costa da Caparica

    written by jokelangens on 2014-10-21 in #world #locations
    Bridge Hopping: Escapar de Lisboa em direção as praias de Costa da Caparica

    35 graus Celsius. Verão em Lisboa rodeada por sete colinas. A pior combinação de sempre! Haverá melhor programa do que escapar ao calor abrasador de um dia de verão em Lisboa em direção a uma fabulosa praia que fica apenas a uma travessia de ponte de distância? Uma vez em Lisboa, para chegar nas praias com condições incríveis para surfar e com pessoas de carácter ainda melhor, apenas tem que atravessar a lindíssima ponte 25 de Abril.

  • Villa Epecuén, a cidade perdida

    written by carlos_rc on 2014-10-23 in #world #locations #videos
    Villa Epecuén, a cidade perdida

    Num dia frio em pleno mês de Agosto, peguei minhas câmeras LC-A+, Nikon FM e Canon EOS 500, carregadas com filmes Lomography Earl Grey 100 e Kodak Vision 250D, e segui viagem para Villa Epicuén na província de Buenos Aires. Cerca de 550km de minha residência.

  • 12 Meses, 12 Projetos: Junho - O Desafio EBS

    written by Maaike van Stratum on 2015-07-06 in #world #tipster
    12 Meses, 12 Projetos: Junho - O Desafio EBS

    A minha lista de resoluções para 2015 consiste em 12 projetos, um para cada mês. Em Junho, eu tentei EBS ("exposing both sides" ou "expor ambos os lados") uma vez mais para ver se conseguiria obter imagens perfeitamente simétricas - metade em redscale, metade normal.

  • Como fazer Redscale caseiro

    written by hodachrome on 2014-12-12 in #gear #tipster
    Como fazer Redscale caseiro

    Dando voltas sobre como preparar um rolo de redscale em casa? Existem já por aí alguns artigos muito bons sobre essa matéria, no entanto resolvi partilhar minha própria fórmula. Esse método mantém os frames do filme em ordem e é bem útil para a técnica EBS - Exposing Both Sides of the Film (Expondo os dois lados do filme)

  • O Mundo de Acordo com Herr Willie: Brasília

    written by wil6ka on 2015-07-14 in #world #locations
    O Mundo de Acordo com Herr Willie: Brasília

    É uma utopia moderna, única no mundo: Brasília. A capital desse maravilhoso Brasil é o sonho de qualquer aficionado por arquitetura, a obra prima de Oscar Niemeyer. O arquiteto que criou a ilusão de uma vida melhor e que levou Brasília a ser declarada a Patrimônio Mundial da UNESCO em 1987. Isso é uma homenagem a linhas, curvas e ousadia.

  • A Rota da Alegria: Uma Entrevista com o Fotógrafo de Viajens Réhahn

    written by Kwyn Kenaz Aquino on 2015-07-24 in #people
    A Rota da Alegria: Uma Entrevista com o Fotógrafo de Viajens Réhahn

    "Dep qua!" exclama Réhan numa conversa em vietnamita. Ao elogiarem a beleza da sua foto os nativos riem, e o fotógrafo, uma vez mais, saca câmera, que é por estas bandas tão bem-vinda quanto uma colheita abundante .

    2
  • Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    written by givesmehell on 2015-07-24 in #people #lifestyle #lomoamigos
    Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    Pei Ketron é uma fotógrafa extremamente talentosa que mora em São Francisco. Ela nasceu na Tailândia e foi criada na Reserva Navajo do Arizona. Pei passou sua infância nos desertos do Sudeste e seus verões contemplando a lua sob os trópicos. Ela ensina fotografia em diversas instituições tais como a Santa Fe Photographic Workshops e The Compelling Image, e tem uma impressionante lista de clientes, entre os quais Apple, Adobe e Bloomingdale. Continue lendo para descobrir o que ela tem a dizer sobre suas aventuras pelo mundo com a Lomo LC-A 120.

  • Testes com rolos de 35mm e químicos

    written by blackfairy on 2014-11-09 in #gear #tipster
    Testes com rolos de 35mm e químicos

    Por vezes acontece que as fotos que esperava não correspondem ao que você inicialmente antecipou - a imagem não ficou bem, as cores ficaram um pouco aquém do esperado, e a foto acabou por ficar com aspeto banal. Posto isso, lhe proponho aqui uma segunda chance para seus negativos. É isso mesmo, experimente modificar os seus negativos de 35mm. Inspire-se nas ideias que lhe proponho e tente você mesmo em casa, scaneando os seus negativos com o smartphone scanner da Lomography por exemplo. Tudo é possível... Use a sua imaginação e anote a sua nova receita de filme!

  • Quioto Em Um Segundo

    written by kenaz on 2015-08-10 in #gear #lifestyle
    Quioto Em Um Segundo

    Como um agrupamento de cerejeiras em flor, os templos em Quioto travam os turistas em suas caminhadas. As pessoas posam como estátuas, com a câmera balançando do pescoço ou levando ela nas mãos. O impulso de fotografar todos os ângulos é constante, principalmente para quem visita a cidade pela primeira vez. O templo Kinkaku-ji e Fushimi Inari-Taisha estão sempre cheios de visitantes. Seria de esperar que os turistas apenas passassem por lá de maneira breve, mas a verdade é que eles estão demasiado ocupados fotografando Quioto inteira.

  • Apresentando A Nova Lomo'Instant Kyoto Edition!

    written by shhquiet on 2015-08-10 in #gear #news
    Apresentando A Nova Lomo'Instant Kyoto Edition!

    A nova Lomo’Instant Kyoto Edition é a mais recente novidade na nossa criativa gama de fotografia instântante! Com seu padrão floral e tons de pêssego, essa câmera de edição especial é como uma reminiscência dos belos pores do sol de verão em Quioto, uma cidade adorada por seus pitorescos santuários, templos e paisagens naturais.

  • Minha Primeira Experiência Lomo : Pierrickmorin e a sua Konstruktor

    written by Eunice Abique on 2015-07-08 in #people
    Minha Primeira Experiência Lomo : Pierrickmorin e a sua Konstruktor

    Sendo um cientista, Pierrick fica muitas vezes curioso em relação aos mecanismos e funcionamento das coisas. A sua primeira experiência com fotografia de filme não foi exceção. Desejoso por saber mais sobre os mecanismos interiores de uma máquina fotográfica de filme, ele começou do zero e testou as suas capacidades "DIY" (faça você mesmo) com a câmera Konstruktor.

    1
  • Red-O-Lutionary: Redscale nunca foi tão fácil de preparar!

    written by metobi on 2014-12-12 in #gear #tipster
    Red-O-Lutionary: Redscale nunca foi tão fácil de preparar!

    Transformar o seu rolo de filme em redscale requer tempo, dedicação e um quarto bem escuro. Um pouco assustador para Lomographers como eu que querem apenas focar e disparar, deixando tudo o resto por conta do laboratório. No entanto encontrei uma forma de criar rolos redscale caseiros bem rápido!