Viaduto Infante Santo: Uma Explosão de Cores em uma Avenida Cinzenta

Cidades podem ser bem cinzentas e tristes algumas vezes, então eu aprecio qualquer esforço feito para colorir elas e torná-las mais agradáveis para seus habitantes. Essa é a razão de eu sempre ter apreciado os azulejos coloridos do Viaduto Infante Santo.

Credits: saidseni

Esse painel de azulejos foi criado por um artista plástico português, Eduardo Nery em 2001 e produzido pela famosa fábrica de cerâmica, Viúva Lamego.

O painel cruza uma grande avenida em Lisboa, a Av. 24 de Julho. Esse lugar tem um certo charme, é verdade, com cais e um rio. Mas esse não é o melhor lugar para um pedestre de tempo integral como eu. É um lugar para carros e até os trens passam sem quase nenhum tipo de proteção para pedestres. É também uma área cinzenta e um dos lugares que eu não gosto em Lisboa, geralmente chamado de Alcântara. Eu acho um lugar triste. É por isso que eu gosto desse pedaço colorido de arte pública, isso me faz sorrir! :) É um serviço público para mim!

Credits: saidseni

Viver em um centro histórico da cidade é ótimo mas quando eu quero fazer coisas como uma longa exposição do trânsito como, por exemplo, os que eu vejo aqui feito por lomógrafos japoneses, eheheh, eu sinto como se eu vivesse em um vilarejo! Quando eu quis experimentar a técnica de timescan com minha Spinner com assuntos em movimento, eu procurei por um lugar onde carros se moviam rápido o bastante… e depois eu pensei no Viaduto Infante Santo! Com o seu adorável fundo, foi definitivamente minha melhor opção!

Credits: saidseni

Oops, eu não acho que os motoristas de Lisboa respeitam o máximo de velocidade aqui…! ;)

written by saidseni on 2012-08-28 in #world #locations #timescan #cidade #cultura #ceramica #carros #avenue #arte #cores #arte-e-cultura #azulejo #viaduto #requested-post
translated by marcinha

More Interesting Articles