Ricoh Xobbox: uma câmera completamente transparente

A Xobbox é uma versão limitada do modelo LF-22 fabricado pela Ricoh em 1993. Ela é uma câmera "point and shoot" (aponte e fotografe) completamente transparente.

Eu sou um dos 10 mil sortudos proprietários da Xobbox. Apenas 10 mil exemplares foram produzidos em todo o planeta Terra e a minha é numerada 653/10 mil. Não é a sua raridade que me faz tão feliz, mas o fato de que tudo ser transparente!

Antes de eu conseguir uma, eu nunca tinha visto na minha vida uma câmera que me permitisse ver os seus mecanismos, suas molas, suas engrenagens, sem a necessidade de desmontá-la. E quando você pressiona o botão do obturador para retratar uma imagem, o mais engraçado é ver esses mecanismos em movimento.

Eu encontrei uma online logo no início, quando eu estava apenas começando no mundo da Lomography. E para ser honesto, eu não paguei muito. Na verdade, foi só depois que eu descobri que ela vale uma pequena fortuna.

Ela é uma point and shoot (aponte e dispare) em todos os aspectos, ideal para fotografar fotografias de rua, pois não requer configuração. Ele faz tudo automaticamente.

Ela requer duas pilhas AA 1,5 volts e, é claro, um rolo de filme 135: D

Ele permite que você defina o valor ASA de 100, 200, 400 até 1000!

Ele tem uma alavanca temporizadora que, baixando-a te permite posar em uma auto-fotografia, dando-lhe no entanto apenas 10 segundos para fazê-lo :)

Ela tem um flash poderoso,que funciona automaticamente, porque a XobboX é acompanhada por uma foto-célula, que sente presença da luz, e apenas se esta for escassa, quando você tira uma foto, o flash dispara.

O avanço da película é automático. Muito ruim! Se não fosse automático, eu teria a capacidade de fazer as exposições duplas e múltiplas. Mesmo a rebobinagem da película é automática. No sentido de que quando você tirar a última foto do filme, a câmera começa a retroceder, sem que ninguém requisitar. Ela é muito inteligente porque ele simplesmente não rebobina o filme todo, mas deixa de fora uma língua de 2 centímetros o que é muito útil se o filme em questão deve ser enviado para outro Lomógrafo para um dupla (ou filme-swap , se você preferir).

Agora vamos analisar as características técnicas deste pequena jóia

  • Lentes, 35mm
  • Diafragma, 4.25 f
  • Foco é fixo, mas existe uma alavanca de comutação que coloca o foco para o infinito
  • Velocidade do obturador, 1/125
  • Peso, 235 gramas (sem pilhas)
  • O tempo de carregamento do flash é cerca de 6 segundos

Sobre o flash: nunca tente fotografar a noite usando o flash muito perto. Além de fazer seus assuntos ficarem cegos, você terá fotos muito brilhantes.

Se você manter a uma distância segura, sem problemas!

Estas duas fotografias são as mais divertidas do rolo de teste da XobboX:

Eu agora só estou apreciando esta máquina, uma vez que eu decidi vendê-la para o primeiro ofertante. Inicialmente eu odiei isso, porque ela é muito diferente de todas as outras câmeras na minha humilde coleção. Ironicamente eu achei que ela era inconveniente porque tudo era automatizado. Isso me deu a idéia de algo muito moderno, não analógico, quase digital, até que percebi que o seu silêncio é o seu poder. É útil para roubar cliques sem que ninguém se irrite.

FORÇA XobboX!

escrito por giovannidecarlo no dia 2012-09-08 em #revisão #lf-22 #limited-edition #point-and-shoot #ricoh #ricoh-xobbox #135mm #vintage-camera #transparent
traduzido por marcosaoferraz

Mais Artigos Interessantes

  • Quioto Em Um Segundo

    written by lomographymagazine on 2015-08-10 in #gear #lifestyle
    Quioto Em Um Segundo

    Como um agrupamento de cerejeiras em flor, os templos em Quioto travam os turistas em suas caminhadas. As pessoas posam como estátuas, com a câmera balançando do pescoço ou levando ela nas mãos. O impulso de fotografar todos os ângulos é constante, principalmente para quem visita a cidade pela primeira vez. O templo Kinkaku-ji e Fushimi Inari-Taisha estão sempre cheios de visitantes. Seria de esperar que os turistas apenas passassem por lá de maneira breve, mas a verdade é que eles estão demasiado ocupados fotografando Quioto inteira.

  • A Beleza duradoura das Lanchonetes Americanas

    written by Lorraine Healy on 2015-12-16 in #world #locations
    A Beleza duradoura das Lanchonetes Americanas

    Uma escritora e fotógrafa argentina, morando no Noroeste Pacífico (dos Estados Unidos), Lorraine Healy, é á muito tempo fã de câmeras de plástico e é a escritora do livro "Tricks With A Plastic Wonder" ("Truques com um Milagre de Plástico), um manual para alcançar resultados melhores com a Holga, disponível como um eBook do Amazon.com. Nesse artigo, Healy compartilha seu amor pelas lanchonetes vintage americanas (Diners) e os vários anos fotografando elas.

  • Chilledvondub e sua Arma de Eleição: Leica M6

    written by Eunice Abique on 2015-07-17 in #world #lifestyle
    Chilledvondub e sua Arma de Eleição: Leica M6

    Craig Fullbrook jura pela Leica M6, não só por sua grande fama e reconhecimento, mas também por sua fiabilidade e performance. Nessa entrevista, ele explica melhor o que faz dessa estilosa câmera um "must-have" e a sua experiência em geral usando ela.

  • Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    written by givesmehell on 2015-07-24 in #people #lifestyle #lomoamigos
    Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    Pei Ketron é uma fotógrafa extremamente talentosa que mora em São Francisco. Ela nasceu na Tailândia e foi criada na Reserva Navajo do Arizona. Pei passou sua infância nos desertos do Sudeste e seus verões contemplando a lua sob os trópicos. Ela ensina fotografia em diversas instituições tais como a Santa Fe Photographic Workshops e The Compelling Image, e tem uma impressionante lista de clientes, entre os quais Apple, Adobe e Bloomingdale. Continue lendo para descobrir o que ela tem a dizer sobre suas aventuras pelo mundo com a Lomo LC-A 120.

  • Si Mesma para o Mundo: A Fotografia de Leanne Surfleet

    written by lomographymagazine on 2015-11-24 in #people #lifestyle
    Si Mesma para o Mundo: A Fotografia de Leanne Surfleet

    Um autorretrato pode se enraizar em segurança, extrema timidez ou uma explosão alternativa dos dois. Leanne Surfleet passa por essa flutuação quando a câmera é tudo que da pra se ver. A atracão —o que nos diz a respeito— é uma mistura de incerteza e tipo de postura calma. E de vez em quando um pedaço de pele que é mais um mistério do que uma revelação completa. Até os retratos que Sufleet faz de outras pessoas tem o mesmo convite sussurrado, como se fosse para dizer que perguntas são bem-vindas. Daí nós tomamos a nossa sugestão.

  • A Chamada da Lomo’Instant Wide "Compartilhe a Novidade"

    written by Lomography on 2015-10-21 in #gear #competitions #videos
    A Chamada da Lomo’Instant Wide "Compartilhe a Novidade"

    Se você passou a ultima semana em Neptuno (pera aí, como é que você chegou lá?) você talvez não tenha ouvido falar – A nova Lomo’Instant Wide chegou! Pré-encomendas estão no ar para a câmera instantânea e sistema de lentes mais criativos do mundo e nós decidimos lançar uma competição para deixar tudo um pouco mais interessante e divertido.

  • Minha Primeira Experiência Lomo : Pierrickmorin e a sua Konstruktor

    written by Eunice Abique on 2015-07-08 in #people
    Minha Primeira Experiência Lomo : Pierrickmorin e a sua Konstruktor

    Sendo um cientista, Pierrick fica muitas vezes curioso em relação aos mecanismos e funcionamento das coisas. A sua primeira experiência com fotografia de filme não foi exceção. Desejoso por saber mais sobre os mecanismos interiores de uma máquina fotográfica de filme, ele começou do zero e testou as suas capacidades "DIY" (faça você mesmo) com a câmera Konstruktor.

    1
  • Lições de Fotografia Vintage: Liderando o Olho

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-02-12 em #mundo #estilo de vida
    Lições de Fotografia Vintage:  Liderando o Olho

    O Vintage não tem que ser velho e esquecido. Estas amostras de arquivo servem como memorandos para onde direcionar o olho e como criar profundidade em uma imagem.

  • Uma Redação em Vídeo Sobre Porque Nós Tiramos Fotos

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-02-09 em #mundo #estilo de vida #vídeos
    Uma Redação em Vídeo Sobre Porque Nós Tiramos Fotos

    Uma maravilha como uma câmera, algo que vai entre o fotógrafo e um sujeito, não forma barreira, mas uma maneira de se conectar. Joe Aguirre nos leva através dos porquês em um novo filme por Jonas Normann.

  • Petzval Amigo Xavier Boldú

    escrito por hannah_brown no dia 2016-02-08 em #mundo #lomoamigos
    Petzval Amigo Xavier Boldú

    Xavier Boldú é um fotógrafo morando em Londres que conseguiu capturar perfeitamente o potencial inteiro da lente Petzval 85 através dos seus lindos retratos. Ele compartilha algumas das suas imagens favoritas e fala sobre sua paixão por essa Bokeh Art Lens.

  • Modos Instantâneas de Pintar A Noite

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-02-08 em #equipamento #estilo de vida
    Modos Instantâneas de Pintar A Noite

    A Lomo'Instant Marrakesh, o nosso equipamento romântico, nos deixou pensando em noites de fevereiro. E o que combina mais com um encontro a meia-noite e fotografia instantânea do que pinceladas ousadas de luz? Então essa é a nossa missão noturna, de fazer pinturas com luz brilharem com anedotas pessoais.

  • Impressões Clorofilas por Binh Danh: Uma Entrevista

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-02-03 em #pessoas #estilo de vida
    Impressões Clorofilas por Binh Danh: Uma Entrevista

    No trabalho de Binh Danh, a arte é o espaço para os sem nomes, serem vistos. Quando a guerra é o tema de cada detalhe conta. Como é que uma pessoa resolve esta questão enorme, onde a morte e o valor de vidas se cruzam? Um trabalho de um homem só se torna em uma tarefa sobre outros homens. E assim por sua série "Immortality: The Remnants of the Vietnam and American War" ele fez cópias de clorofila para expressar a marca indelével da guerra em várias terras. Soldados e leigos, cujos rostos e registros foram arquivados são dadas outra chance de ser lembrado.