SA-WIDE-EKA! Bangkok com a LC-Wide

A primeira coisa que me recebeu no Aeroporto de Suvarnabhumi foi um outdoor do Banco Internacional de Siam com os dizeres “Primeiro acontece todo dia”. Tão apropriado para a minha primeira viagem para a Tailândia e minha primeira vez fotografando com a LC-Wide!

Créditos: denisesanjose

Depois de curtir toneladas de fotos deslumbrantes tiradas com a *Lomo LC-Wide*, eu soube que era tempo de eu mesma tentar usar uma. A lente Minigon grande-angular de 17mm pareceu perfeita para uma viagem e, com sorte, fui capaz de pôr minhas mãos em uma LC-Wide bem em tempo para as minhas férias curtas em Bangkok com minha família.

Créditos: denisesanjose

Eu sei, eu sei, eu tenho de parar de testar câmeras e filmes durante viagens e arriscar estragar rolos, mas a LC-Wide se saiu muito bem! Sendo um mostrinho de filme, eu só tinha câmeras analógicas comigo durante a viagem. Eu tinha a LC-Wide, myinha Olympus mju II, e minha Diana Mini Leopard for back-up, além de filmes Kodak ProImage 100 novinhos em folha e meus dois últimos rolos de filme do legendário filme slide Kodak Ektachrome.

Créditos: denisesanjose

Eu estava economizando os rolos de filme slide raros e descontinuados para uma atração turística em Bangkok, então eu alimentei minha LC-Wide com um rolo de negativo colorido para a primeira vez de teste. Primeiramente, talvez porque a unidade era meio que nova, teve um bocado de resistência com a roda de avançar filme. Meus polegares estavam começando a ficar vermelhos de tanto girar e nós ainda estávamos nas Filipinas!

Créditos: denisesanjose

Esse foi um preço que não me importei em pagar já que esta câmera foi uma beleza! As lentes de vidro produzem imagens precisas e definidas, desde que você fique bem parado. Só têm duas configurações de foco a serem escolhidas, que eu anotei mentalmente como sendo “perto” e “longe” para assuntos em uma distância de um braço e além, respectivamente. Tem uma opção entre fotografar em quadrados ou em half-frame, mas eu decidi manter em half-frame durante a viagem.

Créditos: denisesanjose

Apesar de suas configurações manuais, é muito fácil de se acostumar, como você pode ver pelo desenvolvimento em minhas fotos à medida que a viagem vai em frente. Já que eu tinha minha Diana Mini, eu pensei em tentar o Diana+ Flash na LC-Wide. Coube certinho no hotshoe e funcionou que foi uma beleza! (É só lembrar que o flash funciona depois da segunda cortina do shutter sair.)

Créditos: denisesanjose

A característica com a qual eu fiquei muito feliz em usar foi o botão de Múltipla Exposição. Eu só pensei em todas as fotos MX em potencial, junto das artes ornamentais e dos templos pródigos da Tailândia, e fiquei feliz no quão fácil é de se fazer. Só tire a primeira foto, não avance, troque o botão de MX na base, e tire sua próxima fotografia!

Créditos: denisesanjose

Alguns resultados não saíram como o esperado, mas os que saíram ficaram muito bons! Eu gosto bastante quando um padrão fica sobreposto com um frame, então eu mantive meus olhos bem abertos para detalhes intrincados como murais, portas de templos, etc. Além disso, já que não existe um temporizador na câmera, meu primo e eu tentamos esta técnica MX, então nós dois consiguimos ficar em um só quadro. Não tão bem-sucedido, mas eu gosto, mesmo assim.

Créditos: denisesanjose

Não há necessidade de um temporizador, na verdade (a não ser que você sinta um desgosto por auto-retratos), porque a LC-Wide é tão ampla que—desde que você a posicione corretamente—você, seus companheiros viajantes e um pouco do cenário no plano de fundo podem caber em um quadro cheio só!

Créditos: denisesanjose

Eu decidi usar meus dois últimos rolos de Kodak Ektachrome vencidos durante nosso dia na Wat Pho e fiquei muito contente com as fotos resultantes! Eu não fui um usuário de filme slide até recentemente e eu amei os resultados quando feitos em processo-cruzado. Carregue um pouco deles na LC-Wide e você terá um casal feito no paraíso analógico!

Créditos: denisesanjose

As configurações de foco da LC-W para perto e longe são quase à prova de leigos, e eu digo quase porque ainda existe uma chance de 50/50 de você errar. Todavia, ainda não é ruim porque a pior coisa que pode acontecer é que sua foto virá embaçada ou fora do foco neste efeito meio inclinado sutil.

Créditos: denisesanjose

A LC-Wide é tãããããããããããão aaaaaaaaaampla que eu dei um jeito de tirar o imenso Buda Reclinado Gigante em sua totalidade! Mas não tome minha palavra como lei. Toda a foto que eu vi do Buda colossal faz com que ele pareca muito menor do que ele é na vida real. É uma coisa que você ev ver em pessoa porque ele é verdadeiramente maior do que a vida.

Créditos: denisesanjose

Falando de coisas e da vida real, isso pode ser também um review do filme slide Kodak Ektachrome porque, veja como ele rende aquele Buda dourado! Eu nunca vi uma foto que destacasse a cor dourada como ela é de verdade: brilhante, cromada e luxuriosa. Você só pode imaginar minha felicidade ao pegar de volta esse rolo em processo-cruzado de volta do laboratório. Eu dou crédito à óptica da LC-Wide por melhorar ainda mais a característica maneira inerente do Ektachrome. As cores são vívidas, os detalhes são claros, a vinheta está lá… O sonho de qualquer Lomógrafo!

Créditos: denisesanjose

Assim como aquele Buda, essa câmera é de ouro. De ouro porque é um tesouro ter ela em sua prateleira de câmeras e dourada porque ela tem um preço um tanto quanto salgado. Mas para uma câmera desse calibre—lentes de vidro extraordinárias, equipada com adereços, compacta, fácil de usar, e produz resultados maravilhosos—vale cada centavo! Eu tenho um tomo de fotografias lindas de minha viagem à Bangkok e é tudo graças à adorável e legendária LC-Wide (e ao igualmente adorável e legendário dilme Kodak Ektachrome Elite II 100)!

veja todas as fotos em BKK x LCW e em สวัสดี คะ, Bangkok!.

Você provavelmente também gostará de:

A Lomo LC-Wide conta com a lente recém-desenvolvida Minigon Ultra-Grande Angular 17mm. Essa câmera 35mm é a companheira perfeita para suas expedições fotográficas. Ela produz splashes de cores que prendem os olhos do observador com uma saturação e um contraste assombrososcom a versatilidade adicionada de 3 formatos diferentes. Abra-se à uma nova experiência fotogênica com a LC-Wide, disponível em nossa Loja.

escrito por denisesanjose no dia 2012-10-24 em #gear #wat-pho #cross-processing #color-slides #kodak-ektachrome-elite-ii-100 #color-negatives #staff-review #thailand #travel #35mm-films #review #tilt-shift #multiple-exposures #mx #analogue-cameras #accessories #lomo-lc-wide #bangkok #diana-f-flash #wide-angle
traduzido por arrebol

Mais Artigos Interessantes

  • Fique Focado: Há Uma Primeira Vez Para Tudo

    escrito por Lomography no dia 2016-04-03 em #novidades
    Fique Focado: Há Uma Primeira Vez Para Tudo

    Você não vai acreditar no que nós temos para você com o lançamento do nosso novo produto misterioso. Que ideia louca, eles pensaram. Não pode ser, eles disseram. Mas na Lomography, nós sabemos que existe uma primeira vez para tudo. Então nós decidimos de voltar no tempo e dar uma olhada nos “primeiros” incríveis da história da fotografia. Será que esses passos têm alguma coisa a ver com o nosso produto misterioso?

  • Quioto Em Um Segundo

    escrito por lomographymagazine no dia 2015-08-10 em #gear
    Quioto Em Um Segundo

    Como um agrupamento de cerejeiras em flor, os templos em Quioto travam os turistas em suas caminhadas. As pessoas posam como estátuas, com a câmera balançando do pescoço ou levando ela nas mãos. O impulso de fotografar todos os ângulos é constante, principalmente para quem visita a cidade pela primeira vez. O templo Kinkaku-ji e Fushimi Inari-Taisha estão sempre cheios de visitantes. Seria de esperar que os turistas apenas passassem por lá de maneira breve, mas a verdade é que eles estão demasiado ocupados fotografando Quioto inteira.

  • Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    escrito por givesmehell no dia 2015-07-24 em #people
    Viajando pelos Diversos Continentes com Pei Ketron e sua Lomo LC-A 120

    Pei Ketron é uma fotógrafa extremamente talentosa que mora em São Francisco. Ela nasceu na Tailândia e foi criada na Reserva Navajo do Arizona. Pei passou sua infância nos desertos do Sudeste e seus verões contemplando a lua sob os trópicos. Ela ensina fotografia em diversas instituições tais como a Santa Fe Photographic Workshops e The Compelling Image, e tem uma impressionante lista de clientes, entre os quais Apple, Adobe e Bloomingdale. Continue lendo para descobrir o que ela tem a dizer sobre suas aventuras pelo mundo com a Lomo LC-A 120.

  • Terapia de Exposição: Uma Entrevista com Edie Sunday

    escrito por Teresa Sutter no dia 2016-05-24 em #people
    Terapia de Exposição: Uma Entrevista com Edie Sunday

    As imagens de Edie Sunday são místicas, comoventes e íntimas. A fotógrafa de 26 anos de idade, que foi fascinada por cinema desde uma idade muito jovem, inspira-se com a forma feminina e explora um reino entre o consciente e o inconsciente, brincando com cor e luz.

  • Novidades do Shop

    O Bazar da Lomography

    O Bazar da Lomography

    Estamos sempre indo longe a busca, procuramos meticulosamente, caçamos e escolhemos às mãos, uns dos equipamentos mais experimental e alternativo por aí – e agora nós temos todos reunidos em uma categoria de loja fácil de navegar, prontos para a colheita! No Lomo-Bazar, você também pode fazer parte do nosso processo de recolha e coleção de novos produtos frescos, tesouros raros e criações de crowd-fundings para vender na loja – afinal, é tudo para você! "Entre em contato com a gente":https://docs.google.com/a/lomography.com/forms/d/13Tvg6uZN_4myQZYdHLhRjeQbdJ3po5dn_SQW3CYoy9E/viewform?c=0&w=1 para compartilhar as suas sugestões para produtos incríveis – vá em frente, estamos ouvindo!

  • Apresentando a Nova Lomo'Instant San Sebastián Edition

    escrito por Lomography no dia 2016-05-20 em #novidades
    Apresentando a Nova Lomo'Instant San Sebastián Edition

    Pode chegar com as vibrações do verão com o nosso mais novo membro da família instantânea! Com praias lindas e fascínio cosmopolita, a cidade basca de San Sebastián tem inspirado o nosso tesouro instantâneo mais novo – a Lomo'Instant San Sebastián

  • Primeiras Impressões da Daguerreotype Achromat 2.9/64: Pablo Rodrigo

    escrito por ellakoppensteiner no dia 2016-05-17 em #gear #novidades
    Primeiras Impressões da Daguerreotype Achromat 2.9/64: Pablo Rodrigo

    Fotografia em preto e branco. Retratos e paisagens com um look vintage. O fotógrafo "Pablo Rodrigo":http://pablo-rodrigo.com/ nos leva de volta no tempo através das fotografias incríveis que ele fez com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens.

  • Nour Matroud: O que você tem dentro da sua Bolsa?

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-05-17 em #gear #people
    Nour Matroud: O que você tem dentro da sua Bolsa?

    Alguns poderiam dizer que revelar o conteúdo da sua bolsa, é como revelar os cantos mais profundos da sua alma. Nesta nova série, nós pedimos aos nossos fotógrafos e Lomógrafos preferidos para nos mostrarem o conteúdo secreto das suas bolsas. A nossa estagiária de varejo e marketing Nour Matroud começa esta nova série.

  • Adam Powell sobre a sua viagem à Islândia com a Lomo'Instant Wide

    escrito por lomographysoholondon no dia 2016-05-10 em #people
    Adam Powell sobre a sua viagem à Islândia com a Lomo'Instant Wide

    Adam Powell levou a Lomo’Instan Wide para a sua viagem recente a Islândia e conseguiu capturar algumas paisagens lindas.

  • Novidades do Shop

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a adição mais legal para a nossa família criativa da fotografia instantânea—a Lomo'Instant Honolulu Edition ! Com a aparência super fresh com a sua paleta de cores limpas e seus detalhes de impressão de palmeiras, a nossa inspiração instantânea mais recente te leva para a cidade descontraída de Honolulu, Havaí. A brisa salgada do oceano, tiki bares exóticos, danças de hula atraentes e belas palmeiras, tudo esperando a sua criatividade ensolarada. Passe na nossa Loja Online ou em uma das nossas Lojas de Galeria em todo o mundo para obter a sua hoje!

  • Primeiras Impressões da Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens: Takeshi Suga

    escrito por Lomography no dia 2016-05-04 em #novidades #gear
    Primeiras Impressões da Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens: Takeshi Suga

    Como a nova lente da Lomography sai à noite e ao ar livre? Fotógrafo de Música Takeshi Suga nos conta tudo.

  • Taylor Ponto: Entrosamento e Intimidade com a Lomo'Instant Wide (NSFW)

    escrito por michellymatias no dia 2016-04-28 em #novidades #people
    Taylor Ponto: Entrosamento e Intimidade com a Lomo'Instant Wide (NSFW)

    O que um centro de candomblé e nus femininos têm em comum? Taylor Ponto. O fotógrafo paulista diz que é tímido, mas se ele não tem que falar de si mesmo, e pode comunicar através da câmera, de timidez ele não tem nada. Ele levou a Lomo'Instant Wide para lugares bem diferentes uns dos outros, criando um contraste instantâneo bem interessante.

    1
  • Primeiras Impressões da Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens: Morgane Stampfer

    escrito por Lomography no dia 2016-04-26 em #novidades #gear
    Primeiras Impressões da Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens: Morgane Stampfer

    Pratique o que você prega. PR Manager da Lomography na França usa o Daguerreotype Achromat Art Lens para fazer retratos impressionantes do seu irmão, o modelo Dimitri Stampfer.

  • Alfredo Buonanno fala sobre a filmagem com a Daguerreotype Achromat Art Lens

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-04-25 em #novidades #vídeos #gear
    Alfredo Buonanno fala sobre a filmagem com a Daguerreotype Achromat Art Lens

    O clipe para “Van Gogh” de Stefano Benni e Fausto Mesolella apresenta gotas de luzes texturizadas no fundo. Considere a versão do diretor Alfredo Bonanno de uma paleta manchada de tinta. Sua ferrramenta? A ode da Lomography à primeira lente fotográfica, a Daguerreotype Achromat.