Back To Basics: Capturando o tempo

2012-11-13

Einstein pode ter desafiado a capacidade de viajar no tempo, mas a melhor coisa sobre o nosso primeiro amor, a fotografia, é a chance que temos de parar o tempo com ela. Esse artigo final te dá os poderes de escolher como fazê-lo.

Créditos: adam_g2000

Antes de continuar lendo este artigo, talvez você queira dar uma olhadinha nos meus artigos mais antigos. Você vai precisar saber controlar abertura e velocidade do obturador pra conseguir entender o que explico no artigo a seguir!

A abertura e velocidade do obturador controlam mais do que somente a profundidade do campo focal, eles permitem que você controle o tempo. Como já anteriormente discutido, se você vai deixar o obturador aberto por um tempo maior que o normal, as fotos provavelmente ficarão tremidas caso você segure a câmera só com as mãos! Coloque a câmera num tripé ou numa superfície estável e use o cable release: tudo na sua foto sairá nítido, menos as coisas que se mexem na paisagem, claro.

Pelo contrário, se você ajustar o obturador pra uma velocidade bem rápida (sempre dependendo da velocidade do objeto que está sendo fotografado) você pode parar esse movimento e capturá-lo com uma clareza bem afiada.

Como na foto aqui abaixo, que eu abri bastante a abertura da minha câmera SLR, e coloquei uma velocidade de filme bem alta pra tentar capturar as gotas d’água nessa fonte, algo que é difícil de enxergar a olho nu.

Tripé, 1/1000 por segundo.

Porém, na foto a seguir eu fiz o contrário: deixei a abertura mais fechada e diminui a velocidade do filme, conseguindo com isso capturar o fluxo, corrente de água dando um efeito de devaneio.

Tripé, 1/8 por segundo.

Fazer com que coisas pareçam parte de um sonho, pessoas embaçadas cruzando a rua, correntes de água, etc. é bem fácil e pode ser conseguido com maioria das câmeras (veja mais abaixo), mas parar movimentos pode requerir um obturador de velocidade alta que somente as câmeras SLR vão te oferecer. A velocidade necessária pra congelar o tempo sem embaçar fotos vão depender do que e o quão longe o objeto da foto está de você. Um trem, por exemplo, a 10s de metros de distância pode ser “parável” com a câmera ajustada em 1/100, se o trem estiver perto, talvez você precise ajustar em 1/1000.

Rápido o bastante para parar bolhas, porém não o suficiente para parar o movimento.

Para um intensivão em como conseguir esse tipo de resultado, dê uma olhada em How to Calculate a Minimum Shutter Speed to Yield an Adequately Sharp Image of a Moving Object, lá você vai achar ótimas dicas e tabelas.

Assim como tivemos progresso nos últimos 8 meses aprendendo sobre a trilogia de variáveis necessárias pra tirar a fotografia perfeita, agora aprendemos também como usá-las com finesse, especialmente pra capturar movimentos. Isso é algo que requer prática, sem o ISO flexível como nas câmeras digitais, e você pode querer os dois resultados em um único rolo de filme. Para brincar e aprender usando um medidor de luz, como os nas câmeras SLR, até você saber escolher exatamente o filme certo, leia: Back To Basics: Film 101 and Back To Basics: Aperture and Depth of Field. E por último: você provavelmente vai ficar preso a certos valores de abertura e velocidade do obturador, portanto, escolha com cuidado o ISO do filme que você vai utilizar.

Você não precisa ter uma SLR pra conseguir esses efeitos, mas você precisaria talvez substituir sua câmera. Câmeras automáticas como a nossa favorita, a LC-A, estão fora da lista. Uma câmera manual como a Lubitel é perfeita pra isso e com sua gama de aberturas e velocidades do obturador, você vai conseguir parar ou embaçar objetos. Com ela você tem o poder!

Exemplos tirados da comunidade de tempo “parado” ou “embaçado”.

A Diana, Holga e La Sardina são outros quinhentos. A velocidade é fixa e a abertura não vai fazer grande diferença. Você vai perceber lendo a tabela de distância que é possível “parar o tempo” à uma certa distância, mas não dando o close-up. Entretanto, é bem fácil de dar uma embaçada com um efeito “blur”. Com elas você tem esse maravilhoso truque na manga: o botão B (bulb)!

Ajuste sua câmera no modo “Bulb”, acople-a em um tripé, use o cable release e você vai poder manter o obturador aberto por quanto tempo quiser, você só precisa ter certeza de que o rolo de filme que você está usando é “devagar” (ISO baixo) o suficiente pra garantir uma longa exposição nas fotos. Um medidor de luz será bem útil neste caso.

Não vamos entrar nesse assunto aqui (é uma outra longa história), mas as palavras finais devem ser dedicadas à fotografia Pinhole por todas as suas fotos serem resultado de um processo bem devagar.

Créditos: neanderthalis, azurblue, janiemeringuepie & adam_g2000

Espero que você tenha gostado desse artigo tanto quanto eu gostei de escrevê-lo. A maior satisfação que tive foi ver discussões nos comentários, mensagens com dúvidas, perguntas ou feedback. Eu agradeço a todos!
Minha nova série de artigos começará no mês que vem, chamada ‘Basics Applied’. Todos mês vou selecionar uma câmera Lomography e discutirei sobre ela em termos de especificações técnicas e como usar toda a teoria na prática. Espero que vocês gostem.

Wow! O pessoal da Lomography me deixou recomendar um Back to Basics Rumble, que você acha aqui (em inglês), mal posso esperar para ver as fotos de vocês para podermos compartilhar quem somos e de que somos feitos!

Com isso, meus amigos, nosso tempo chegou ao fim!

escrito por adam_g2000 no dia 2012-11-13 em #equipamento #tutorais #film #camera #lens #time #tipster #asa #long-exposures #iso #bulb-mode #shutter-speed
traduzido por camilafraiz

Mais Artigos Interessantes

  • Tender Blue por Pak Ning com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens

    escrito por phyllistc no dia 2017-01-10 em #pessoas
    Tender Blue por Pak Ning com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens

    Pak Ning é um fotógrafo de retratos de Hong Kong. Desta vez, ele fotografou com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens com o tema de expressar a onda do azul sensível através de gestos diferentes.

  • Apresentando a Nova Lomo’Instant Murano

    escrito por Lomography no dia 2017-01-10 em #equipamento #novidades
    Apresentando a Nova Lomo’Instant Murano

    A mais recente Lomo'Instant nos faz sonhar com passeios românticos de gondola, passando casas coloridas pelos canais venezianos. Compartilhe o amor com a Lomo’Instant Murano!

  • Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-12-20 em #pessoas
    Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    Nós tivemos a honra de ater um papo com Sasha Guseynova, uma jovem fotógrafa de Moscou, cujo lindo trabalho se trata de capturar a beleza do momento. Ela começou a explorar o mundo da fotografia sete anos atrás e desde então ela é incrível para capturar emoções. Nesta entrevista, Sasha compartilha o que ela pensa de beleza e revela porque todos os bons retratos são baseados em confiança.

  • Novidades do Shop

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a adição mais legal para a nossa família criativa da fotografia instantânea—a Lomo'Instant Honolulu Edition ! Com a aparência super fresh com a sua paleta de cores limpas e seus detalhes de impressão de palmeiras, a nossa inspiração instantânea mais recente te leva para a cidade descontraída de Honolulu, Havaí. A brisa salgada do oceano, tiki bares exóticos, danças de hula atraentes e belas palmeiras, tudo esperando a sua criatividade ensolarada. Passe na nossa Loja Online ou em uma das nossas Lojas de Galeria em todo o mundo para obter a sua hoje!

  • Acontecimentos em Filme: A Urgência dos Refugiados em Como

    escrito por sirio174 no dia 2016-12-15 em #cultura #pessoas #lugares
    Acontecimentos em Filme: A Urgência dos Refugiados em Como

    Neste artigo eu vou mostrar uma emergência séria na minha cidade Como, pero ta borda Suíça. a chegada de centenas de refugiados e migrantes da África e do oriente Médio, dos seu primeiro acampamento perto da estação de trem até a acomodação final em um lugar melhor.

  • LomoAmigo: Burçin Esin

    escrito por merveengin no dia 2016-12-15 em #pessoas
    LomoAmigo: Burçin Esin

    Fotógrafo, cineasta e músico Burçin Esin capturou as suas viagens recentes com a LC-A +. Continue lendo para dar uma olhada nas suas fotos que lembram cenas de filmes em Istanbul, Budapeste e Bratislava e para conhecer Burçin um pouco melhor.

  • Sair Por Aí: Estudando Espaços Urbanos

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-13 em #cultura
    Sair Por Aí: Estudando Espaços Urbanos

    Tem tanta coisa acontecendo, mesmo em espaços urbanos apertados. Aqui está o que você vê nas ruas da cidade.

  • Novidades do Shop

    O Bazar da Lomography

    O Bazar da Lomography

    Estamos sempre indo longe a busca, procuramos meticulosamente, caçamos e escolhemos às mãos, uns dos equipamentos mais experimental e alternativo por aí – e agora nós temos todos reunidos em uma categoria de loja fácil de navegar, prontos para a colheita! No Lomo-Bazar, você também pode fazer parte do nosso processo de recolha e coleção de novos produtos frescos, tesouros raros e criações de crowd-fundings para vender na loja – afinal, é tudo para você! "Entre em contato com a gente":https://docs.google.com/a/lomography.com/forms/d/13Tvg6uZN_4myQZYdHLhRjeQbdJ3po5dn_SQW3CYoy9E/viewform?c=0&w=1 para compartilhar as suas sugestões para produtos incríveis – vá em frente, estamos ouvindo!

  • Escapadelas Criativas Durante As Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-06 em #novidades
    Escapadelas Criativas Durante As Férias

    Não importa se você gosta mais do verão ou do inverno, você provavelmente já está impaciente, querendo entrar nas férias e passar uns dias sem ter que se preocupar com qualquer coisa.

  • Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-01 em #novidades
    Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    É aquela véspera do ano, onde quase já se pode ouvir o feriado batendo na porta. Mesmo que feriados normalmente estão aqui para dá uma pausa do seu trabalho das *9* as *5*, não tem nenhum motivo para não permitir a você uma quantidade saudável de preguiça e mesmo assim fazer umas coisas legais e criativas...

  • Cenas de um Inverno Encantado

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-01 em #cultura #lugares
    Cenas de um Inverno Encantado

    Para que esta estação seja alegre! Se prepare para passear pelas nevascas e viver os dias de inverno como em um globo de neve.

  • Novidades do Shop

    Direto de Milão

    Direto de Milão

    Chegou alguém novo na cidade e há rumores de que ela é a solução sartorial aos seus desejos de fotografia instantânea. A nova Lomo’Instant Milano chegou! Seja corajoso, seja alto! A Milano Edition vem com um novo visual que certamente vai virar cabeças quando você tirar aqueles adoráveis snaps de tamanho de carteira . Canalize sua fashionista interior e comece a fotografar com esta nova adição à família crescente da Lomo'Instant. Pegue uma no Online Shop agora!

  • La Ville Lumière: Pierre-Louis Ferrer's "Invisible Paris"

    escrito por Ciel Hernandez no dia 2016-11-29 em #cultura #lugares
    La Ville Lumière: Pierre-Louis Ferrer's "Invisible Paris"

    Paris – a cidade da luz, a capital dos cultos em artes e ciência. Uma cidade rica em história, continuamente sendo um dos destinos favoritos de viajantes. Mas o fotógrafo residente francês *Pierre-Louis Ferrer* pintou a sua cidade nata em uma luz diferente – literalmente.

  • A Cena Perfeita: Uma Entrevista com Bobby Vu

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-11-29 em #pessoas
    A Cena Perfeita: Uma Entrevista com Bobby Vu

    Bobby Vu é um diretor e fotógrafo de Los Angeles que compartilha a sua paixão pela fotografia e pelo cinema. Ele ficou famoso pelas suas curtas-metragens e por isso é claro que as suas fotos nos lembram daquelas cenas mágicas dos filmes dos anos 80.

  • Retratos Artísticos: Pavel Baňka Desenhando com Luz

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-11-24 em #novidades
    Retratos Artísticos: Pavel Baňka Desenhando com Luz

    Desenhado em gelatina de prata com uma câmera, os retratos espantosos do fotógrafo checo Pavel Baňka, relembram a sensação nostálgica da fotografia de arte do início do século XX.

    2016-11-24 1