Fuji Neopan 400: Um filme fácil de imprimir

Uma análise rápida de um grande filme, fácil de imprimir, quase livre de grão e com uma fantástica exposição de latitude. Óptimo para usar em máquinas sem medidor de exposição, ou para iniciados.

Este filme é difícil de encontrar na minha cidade. mas quando encontro alguns rolos apresso-me a comprá-los porque o contraste moderado e a boa exposição de latitude permitem-me impressões fáceis, utilizando o meu ampliador Durst. Nunca encontrei uma versão 120mm deste filme, por isso para o artigo pedido deste mês só posso falar dos prós e contras do formato 135mm.

Credits: sirio174

Testei este filme num dia de inverno, em Janeiro último. Usei uma Fed2 (sem o medidor de exposição, usando a regra F16 para os tempos e abertura). A fantástica exposição de latitude deste filme perdoa alguns erros de exposição, e os seus contrastes moderados permite obter um negativo fácil de imprimir, mesmo com um ampliador de luz condensada

Credits: sirio174

Como podem ver o contraste nunca é muito elevado, e mesmo isto não é o melhor para scannar as imagens. temos uma paleta rica de cinzentos, sem perda de detalhes, nas zonas sobre ou subexpostas.

Credits: sirio174

O filme é quase ausente de grão, mesmo quando revelado num banho de elevada acutância como o Rodinal. Aqui usei uma solução de R09 (o nome do revelador Rodinal) 1+50.

Credits: sirio174

A foto acima é um corte de 60% do original; permite ver como o tamanho do grão é pequeno!

Credits: sirio174

Os tons cinzentos são sempre agradáveis.

Credits: sirio174

Nota: a emulsão deste filme é delicada, é preciso manusear com cuidado porque este filme esta mais propenso a riscos e pequenos estragos quando está molhado, após o processo de revelação. Repouso o filme molhado após o banho com o agente sem lhe tocar com os dedos ou as pinças de borracha.

written by sirio174 on 2012-11-25 in #reviews #como #snow #winter #lake #greyscale #italy #neopan #fuji #neopan-400

More Interesting Articles