Lomógrafa por um dia: Elizabeth

2012-12-24

Eu, carmengraphy, emprestei a minha Diana Mini com um Kodak Gold 200 à minha mãe Elizabeth e transformei-a numa “lomógrafa por um dia”. Vejam o que andou a fazer!

Créditos: eligraphy

1. Há quanto tempo não usavas filme?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Créditos: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Créditos: eligraphy
5. Alguma memória bonita de infância com alguma câmera analógica?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Créditos: eligraphy
5. Alguma memória bonita de infância com alguma câmera analógica?Sim! Dos passeios à Montanha la Puerta, em que o meu pai tirava fotografias com máquinas analógicas. Até instantâneas!

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Créditos: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Créditos: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Créditos: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Créditos: eligraphy
5. Alguma memória bonita de infância com alguma câmera analógica?Sim! Dos passeios à Montanha la Puerta, em que o meu pai tirava fotografias com máquinas analógicas. Até instantâneas!
Instantânea dos meus 15 anos com a Polaroid de meu pai

Querem transformar alguém num lomógrafo por um dia? Não hesite! Aquí encontrará toda a dinâmica para compartilhar a sua paixão analógica com quem quiser!

escrito por carmengraphy no dia 2012-12-24 em #lifestyle #carmengraphy #lomografo-por-un-dia #lomografo-por-un-dia #eligraphy #lomographer-for-a-day #lomographer-for-a-day
traduzido por roxanneross

Mais Artigos Interessantes

  • Seja criativo com a Lomo'Instant Automat: Não Espere As Coisas Acontecerem, Faça Elas Acontecerem

    escrito por Lomography no dia 2016-08-19 em #equipamento #tutorais

    Mal pode esperar para por suas mãos na sua própria câmara Lomo'Instant Automat? Siga os nossos truques para que possa dominar e tirar o máximo proveito da sua câmera instantânea,assim que ela vem bater na sua porta! Desta vez, queremos cair fora no mundo e fazer com que as coisas aconteçam!

    2016-08-19
  • Entrando no Mundo dos Sonhos com Nádia Maria

    escrito por michellymatias no dia 2016-11-15 em
    Entrando no Mundo dos Sonhos com Nádia Maria

    Sabe aquele momento quando você está caindo no sono, quase dormindo e você começa a ver imagens um pouco surreais, um pouco inexplicáveis? O trabalho da fotógrafa brasileira Nádia Maria lembra muito estes momentos misteriosos. Nesta entrevista ela nos conta um pouco sobre o que está por trás.

    1
  • Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    escrito por Ivana Džamić no dia 2016-12-20 em #pessoas
    Capturando o Momento Certo: Uma Entrevista com Sasha Guseynova

    Nós tivemos a honra de ater um papo com Sasha Guseynova, uma jovem fotógrafa de Moscou, cujo lindo trabalho se trata de capturar a beleza do momento. Ela começou a explorar o mundo da fotografia sete anos atrás e desde então ela é incrível para capturar emoções. Nesta entrevista, Sasha compartilha o que ela pensa de beleza e revela porque todos os bons retratos são baseados em confiança.

  • Novidades do Shop

    O Bazar da Lomography

    O Bazar da Lomography

    Estamos sempre indo longe a busca, procuramos meticulosamente, caçamos e escolhemos às mãos, uns dos equipamentos mais experimental e alternativo por aí – e agora nós temos todos reunidos em uma categoria de loja fácil de navegar, prontos para a colheita! No Lomo-Bazar, você também pode fazer parte do nosso processo de recolha e coleção de novos produtos frescos, tesouros raros e criações de crowd-fundings para vender na loja – afinal, é tudo para você! "Entre em contato com a gente":https://docs.google.com/a/lomography.com/forms/d/13Tvg6uZN_4myQZYdHLhRjeQbdJ3po5dn_SQW3CYoy9E/viewform?c=0&w=1 para compartilhar as suas sugestões para produtos incríveis – vá em frente, estamos ouvindo!

  • Tender Blue por Pak Ning com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens

    escrito por phyllistc no dia 2017-01-10 em #pessoas
    Tender Blue por Pak Ning com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens

    Pak Ning é um fotógrafo de retratos de Hong Kong. Desta vez, ele fotografou com a Daguerreotype Achromat 2.9/64 Art Lens com o tema de expressar a onda do azul sensível através de gestos diferentes.

  • Apresentando a Nova Lomo’Instant Murano

    escrito por Lomography no dia 2017-01-10 em #equipamento #novidades
    Apresentando a Nova Lomo’Instant Murano

    A mais recente Lomo'Instant nos faz sonhar com passeios românticos de gondola, passando casas coloridas pelos canais venezianos. Compartilhe o amor com a Lomo’Instant Murano!

  • Acontecimentos em Filme: A Urgência dos Refugiados em Como

    escrito por sirio174 no dia 2016-12-15 em #cultura #pessoas #lugares
    Acontecimentos em Filme: A Urgência dos Refugiados em Como

    Neste artigo eu vou mostrar uma emergência séria na minha cidade Como, pero ta borda Suíça. a chegada de centenas de refugiados e migrantes da África e do oriente Médio, dos seu primeiro acampamento perto da estação de trem até a acomodação final em um lugar melhor.

  • Novidades do Shop

    Direto de Milão

    Direto de Milão

    Chegou alguém novo na cidade e há rumores de que ela é a solução sartorial aos seus desejos de fotografia instantânea. A nova Lomo’Instant Milano chegou! Seja corajoso, seja alto! A Milano Edition vem com um novo visual que certamente vai virar cabeças quando você tirar aqueles adoráveis snaps de tamanho de carteira . Canalize sua fashionista interior e comece a fotografar com esta nova adição à família crescente da Lomo'Instant. Pegue uma no Online Shop agora!

  • LomoAmigo: Burçin Esin

    escrito por merveengin no dia 2016-12-15 em #pessoas
    LomoAmigo: Burçin Esin

    Fotógrafo, cineasta e músico Burçin Esin capturou as suas viagens recentes com a LC-A +. Continue lendo para dar uma olhada nas suas fotos que lembram cenas de filmes em Istanbul, Budapeste e Bratislava e para conhecer Burçin um pouco melhor.

  • Sair Por Aí: Estudando Espaços Urbanos

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-13 em #cultura
    Sair Por Aí: Estudando Espaços Urbanos

    Tem tanta coisa acontecendo, mesmo em espaços urbanos apertados. Aqui está o que você vê nas ruas da cidade.

  • Escapadelas Criativas Durante As Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-06 em #novidades
    Escapadelas Criativas Durante As Férias

    Não importa se você gosta mais do verão ou do inverno, você provavelmente já está impaciente, querendo entrar nas férias e passar uns dias sem ter que se preocupar com qualquer coisa.

  • Novidades do Shop

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a Lomo'Instant Honolulu Edition

    Apresentando a adição mais legal para a nossa família criativa da fotografia instantânea—a Lomo'Instant Honolulu Edition ! Com a aparência super fresh com a sua paleta de cores limpas e seus detalhes de impressão de palmeiras, a nossa inspiração instantânea mais recente te leva para a cidade descontraída de Honolulu, Havaí. A brisa salgada do oceano, tiki bares exóticos, danças de hula atraentes e belas palmeiras, tudo esperando a sua criatividade ensolarada. Passe na nossa Loja Online ou em uma das nossas Lojas de Galeria em todo o mundo para obter a sua hoje!

  • Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-01 em #novidades
    Cinco Modos de Aproveitar as suas Férias

    É aquela véspera do ano, onde quase já se pode ouvir o feriado batendo na porta. Mesmo que feriados normalmente estão aqui para dá uma pausa do seu trabalho das *9* as *5*, não tem nenhum motivo para não permitir a você uma quantidade saudável de preguiça e mesmo assim fazer umas coisas legais e criativas...

  • Cenas de um Inverno Encantado

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-12-01 em #cultura #lugares
    Cenas de um Inverno Encantado

    Para que esta estação seja alegre! Se prepare para passear pelas nevascas e viver os dias de inverno como em um globo de neve.

  • La Ville Lumière: Pierre-Louis Ferrer's "Invisible Paris"

    escrito por Ciel Hernandez no dia 2016-11-29 em #cultura #lugares
    La Ville Lumière: Pierre-Louis Ferrer's "Invisible Paris"

    Paris – a cidade da luz, a capital dos cultos em artes e ciência. Uma cidade rica em história, continuamente sendo um dos destinos favoritos de viajantes. Mas o fotógrafo residente francês *Pierre-Louis Ferrer* pintou a sua cidade nata em uma luz diferente – literalmente.