Lomógrafa por um dia: Elizabeth

Eu, carmengraphy, emprestei a minha Diana Mini com um Kodak Gold 200 à minha mãe Elizabeth e transformei-a numa "lomógrafa por um dia". Vejam o que andou a fazer!

Credits: eligraphy

1. Há quanto tempo não usavas filme?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Credits: eligraphy

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Credits: eligraphy
5. Alguma memória bonita de infância com alguma câmera analógica?

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Credits: eligraphy
5. Alguma memória bonita de infância com alguma câmera analógica?Sim! Dos passeios à Montanha la Puerta, em que o meu pai tirava fotografias com máquinas analógicas. Até instantâneas!

Uff.. Em toda a minha vida.. Pelo menos há 30 anos!

Credits: eligraphy
2. Como descreveria a experiência em 5 palavras?Jovial, divertida, curiosa, viciante!
Credits: eligraphy
3. Qual a sua fotografia preferida, das quais você tirou, e porquê?Há duas preferidas: a da ponte sobre o Rio Tejo porque é uma combinação de elementos naturais: água, patos, luz natural. E a passagem entre as árvores, porque tem uma profundidade tal quadro pintado a óleo.
Credits: eligraphy
4. Se pudesse ir a qualquer lugar do mundo com esta máquina e montes de filme, onde iria e porquê?A Jerusalém, fotografaria os lugares sagrados com esta câmera para capturar o efeito místico e antigo.
Credits: eligraphy
5. Alguma memória bonita de infância com alguma câmera analógica?Sim! Dos passeios à Montanha la Puerta, em que o meu pai tirava fotografias com máquinas analógicas. Até instantâneas!
Instantânea dos meus 15 anos com a Polaroid de meu pai

Querem transformar alguém num lomógrafo por um dia? Não hesite! Aquí encontrará toda a dinâmica para compartilhar a sua paixão analógica com quem quiser!

escrito por carmengraphy no dia 2012-12-24 em #estilo de vida #lomografo-por-un-dia #lomographer-for-a-day #lomografo-por-un-dia #lomographer-for-a-day #eligraphy #carmengraphy
traduzido por roxanneross

Mais Artigos Interessantes

  • Travel Stories: Cartagena de Indias, Colômbia por peruvianfan

    written by lomographymagazine on 2015-11-27 in #world #locations
    Travel Stories: Cartagena de Indias, Colômbia por peruvianfan

    Eu viajei a Cartagena de Indias, Colômbia em maio de 2015 com a minha irmã gêmea. O nosso aniversário foi no dia 31, e pelos últimos anos anos nós fizemos um pacto para passar os nossos aniversários viajando o máximo possível (e enquanto ainda somos solteiras!).

  • Longas Exposições pela Europa com a Minitar-1 Art Lens

    written by antoniocastello on 2015-12-10 in #gear #lifestyle #locations #reviews
    Longas Exposições pela Europa com a Minitar-1 Art Lens

    Uma das coisas que eu mais gosto na Minitar-1 Art é como nítido o foco pode ser quando você tira fotos com uma pequena abertura. Se você gosta de fotografar a noite, pega um tripé, adicione isso a uma tarde escura de inverno e você vai acabar com um monte de exposições lindas. Foi isso que eu fiz na minha última viajem à Europa.

  • Jason D. Page e a Magia de Desenhar com Luz

    written by bgaluppo on 2015-07-09 in #people #lifestyle
    Jason D. Page e a Magia de Desenhar com Luz

    Tendo descoberto Light Painting (Desenho com Luz) por mero acaso, Jason D Page é considerado hoje em dia um mestre nessa matéria. Ele é pioneiro em diversas técnicas de Light Painting e o seu trabalho foi exposto em diversas exposições e galerias pelo mundo inteiro. Ele é um artista apaixonado e creativo e também o fundador da Light Painting Brushes (Pincéis de Desenho de Luz) e LightPaintingPhotography.com - um website dedicado a tudo o que envolve Light Painting!

  • Do Estudante pro Fotógrafo de Conta Própria - Kevin Biberbach fala sobre o seu Trabalho e a Nova Petzval 85

    written by zonderbar on 2015-07-23 in #people
    Do Estudante pro Fotógrafo de Conta Própria - Kevin Biberbach fala sobre o seu Trabalho e a Nova Petzval 85

    Quem de nós não sonha com poder fazer dinheiro fotografando? Transformar o seu hobby em trabalho ou desistir do segundo emprego para trabalhos de fotografia pagos? Kevin Biberbach, é um estudante de Aachen, que conseguiu isso com o seu projeto de 365 dias "EVERY DAY" que chamou tanta atenção,que os encargos foram vindo sozinhos e agora ele paga as contas tirando fotos em casamentos, para casais e famílias. Na entrevista com a Lomography, ele nos conta sobre o seu projeto, sua paixão a fotografia e a nova lente Petzval 85.

  • Modos Instantâneas de Pintar A Noite

    escrito por lomographymagazine no dia 2016-02-08 em #equipamento #estilo de vida
    Modos Instantâneas de Pintar A Noite

    A Lomo'Instant Marrakesh, o nosso equipamento romântico, nos deixou pensando em noites de fevereiro. E o que combina mais com um encontro a meia-noite e fotografia instantânea do que pinceladas ousadas de luz? Então essa é a nossa missão noturna, de fazer pinturas com luz brilharem com anedotas pessoais.

  • As Ruas Como Escola: A Fotografia de Alice Smeets

    written by K. Aquino on 2015-08-14 in #world #lifestyle
    As Ruas Como Escola: A Fotografia de Alice Smeets

    Transformar fotojornalismo numa arte que incite a participação do público é por si só uma tarefa complicada, ainda mais quando o tópico é pobreza. Em 2014, Alice Smeets aceitou o desafio.

  • A Rota da Alegria: Uma Entrevista com o Fotógrafo de Viajens Réhahn

    written by K. Aquino on 2015-07-24 in #people
    A Rota da Alegria: Uma Entrevista com o Fotógrafo de Viajens Réhahn

    "Dep qua!" exclama Réhan numa conversa em vietnamita. Ao elogiarem a beleza da sua foto os nativos riem, e o fotógrafo, uma vez mais, saca câmera, que é por estas bandas tão bem-vinda quanto uma colheita abundante .

    2
  • A Lógica de Katherine April, Reflexões sobre 'Finding Katherine April'

    written by Julien Matabuena on 2015-12-04 in #people #news #lifestyle
    A Lógica de Katherine April, Reflexões sobre 'Finding Katherine April'

    "Finding Katherine April" é um projeto em andamento de instalações fotográficas de Katherine April, que envolve ela espalhando autorretratos pelo centro da cidade de Cambridge. Depois de uns meses com o projeto já em andamento, Lomography fala com a artista visual e escritora de Cambridge e Londres sobre a sua ideia por trás do projeto como a recepção pública e suas reflexões pessoais sobre ele.

  • LomoChrome Purple and LC-A 120: Retratos Místicos por Issa Ng

    written by karenatsoi on 2015-12-14 in #people #lomoamigos
    LomoChrome Purple and LC-A 120: Retratos Místicos por Issa Ng

    Ainda se lembram dos retratos lindos de fashion tirados com a Petzval 85 por Issa Ng? O fotógrafo de moda de Hong Kong se aventurou de novo em um projeto fotográfico novo, mostrando suas sensibilidades criativas com a câmera LC-A 120 e o filme LomoChrome Purple.

  • O Mundo Segundo Herr Willie: Ilha de Marajó

    written by wil6ka on 2015-11-08 in #world #locations
    O Mundo Segundo Herr Willie: Ilha de Marajó

    Brasil é um país incrível para viajar. Tem tanta coisa para explorar, cada lugar muito diferente do outro. Com certeza vai precisar de vários passeios só para conhecer essa pérola da América do Sul. Eu terminei a minha turnê da copa ano passado em Marajó, a ilha dos bois — ela talvez seja um eterno ponto alto para mim.

  • Quioto Em Um Segundo

    written by lomographymagazine on 2015-08-10 in #gear #lifestyle
    Quioto Em Um Segundo

    Como um agrupamento de cerejeiras em flor, os templos em Quioto travam os turistas em suas caminhadas. As pessoas posam como estátuas, com a câmera balançando do pescoço ou levando ela nas mãos. O impulso de fotografar todos os ângulos é constante, principalmente para quem visita a cidade pela primeira vez. O templo Kinkaku-ji e Fushimi Inari-Taisha estão sempre cheios de visitantes. Seria de esperar que os turistas apenas passassem por lá de maneira breve, mas a verdade é que eles estão demasiado ocupados fotografando Quioto inteira.

  • Petzval Amigo: Andrea Russo

    written by Lomography London on 2016-01-15 in #world #lomoamigos
    Petzval Amigo: Andrea Russo

    Andrej Russkovskij, também conhecida como Andrea Russo é uma fotógrafa ávida e membro ativa da comunidade que adora retratos, fazendo dele o Petzval Amigo quintessencial. Ele recentemente testou a Petzval 85 Art Lens com filmes diferentes, com eles preto e branco, Velvia 50, Kodak Elitechrome e Fuji Superia 200.