Espírito Livre: Uma Entrevista com Olivier Laselle (NSFW)

2017-04-05

Olivier Laselle é um fotógrafo francês de 30 anos de idade que aproveita capturar lugares lindos e pessoas nas suas viagens. Suas fotografias são prova que simplicidade equivale beleza e isso é porque nós amamos o seu trabalho. Fotografia é a sua grande paixão e uma das razões porque ele curte o seu trabalho tanto assim. Nesta entrevista, Olivier revela quando ele tirou a sua primeira foto e como isto mudou a sua vida.

© Olivier Laselle

Oi Olivier! Você pode nos contar um pouco sobre si mesmo? Onde você mora no momento?

Olá! Eu sou um fotógrafo de 30 anos e moro em uma camionete perto de uma praia no Sudoeste da França. É incrível morar aqui, longe da cidade e ser capaz de beber café e olhar pro oceano em paz – e ao mesmo tempo, ser capaz de conhecer um monte de gente interessante para fotografar durante o verão!

© Olivier Laselle

Em quais projetos você está trabalhando no momento?

Agora, eu só estou pensando em comprar um carro de acampamento e ser capaz de viajar pela França e pelo exterior. Eu iria amar poder voltar com lindas fotos de lugares lindos e selvagens.

© Olivier Laselle

Você mencionou que você estava planejando um passeio de carro pela França para poder capturar pessoas e lugares lindos no caminho. Como você teve esta ideia? Qual parte da França você está planejando a visitar?

Eu estou pensando em ir para o Norte da França – ver os penhascos Etretat mas também cidades industriais, as fábricas... Depois, eu iria planejar a voltar para uns lugares mais selvagens como Vosges e Jura, e por que não ir à Suíça e Itália! Eu espero encontrar umas pessoas legais no caminho, vamos ver!

Parece que você sempre está por aí, mas se você pudesse escolher o seu ‘happy place’ onde seria?

O lugar ideal seria uma casa móvel perto de um lago, entre o mar e as montanhas – e não tão longe da cidade para sair e encontrar pessoas de vez em quando! Mas eu ainda não encontrei este lugar ainda – mas eu me sinto muito bem onde eu estou no momento, só um pouco longe das montanhas!

© Olivier Laselle

Quantos anos você tinha quando você tirou a sua primeira foto? Você manteve o mesmo estilo fotográfico ou você experimentou um pouco ao passar dos anos?

Eu acho que a primeira foto que realmente me fez perceber que eu deveria continuar com isso foi 10 anos atrás! E agora, tudo mudou no meu estilo fotográfico desde aquela foto.
Primeiramente, o meu equipamento mudou por isso, claro que as minhas fotos são um pouco diferentes, mas o que eu mais quero compartilhar não tem nada a ver com o que eu queria compartilhar quando eu tinha 20 anos de idade! Eu ainda estou longe de ter sucesso com o que eu realmente quero fazer – mesmo tendo tantas ideias, são é sempre tão simples assim a realizar. Mas eu ainda tenho muito tempo pra fazer isto!

O que você quer comunicar através das suas fotos?

Eu quero falar sobre a simplicidade. Isso é a razão porque eu gosto de trabalhar com o nu, porque assim as pessoas estão no seu estado mais simples. Eu quero mostrar o que a vida real tem a oferecer através das minhas fotos e às vezes mudar um pouco! Eu adoraria comunicar mais sentimentos, mas isso é um pouco difícil. Talvez com tempo, eu consiga.

© Olivier Laselle

Como a sua fotografia contribui ao seu crescimento pessoal? O que a fotografia tem que te leva a criar repetidamente?

Fotografia é muito importante para mim – se eu não tiro fotos que eu gosto por um tempo, eu não me sinto bem. Eu sou uma pessoa sozinha e a fotografia me empurra para pessoas e até lugares: Eu andei por lugares que eu nunca teria visitado se não fosse por esta paixão!

© Olivier Laselle

Que conselho você daria à alguém que acabou de começar a explorar o mundo da fotografia?

Eu acho que a coisa mais importante é tirar fotos de momentos emocionantes. Não é fácil comunicar exatamente o que estamos vendo – mas é um ótimo começo. Um momento tranquilo com um casal, amizades cheias de alegria ou até mesmo tristeza – eu acho que quanto mais linda e forte uma foto for, mais verdadeira ela será.


Todas as fotos mostradas neste artigo foram usadas com a permissão de Olivier Laselle. Se você quiser ver mais do seu trabalho, siga Olivier no Instagram dê uma olhada no seu Tumblr .

escrito por Ivana Džamić no dia 2017-04-05 em #pessoas

Mais Artigos Interessantes