"Bordas do Arco-Íris": Dentro da Comunidade LGBTQ do Japão

2017-07-04

O Japão não é nenhum desconhecido à sexualidade diversa e à comunidade LGBTQ.

O país tem uma história longa e complexa da LGBTQ. Certos casos abertamente recordados em textos velhos, como romances entre samurais, o clero budista e as atrizes do teatro Kabuki no período Edo. Quando a expansão econômica dos anos 1960 e 1990 chegou, a cultura gay se renovou mais uma vez.

De qualquer modo, apesar destes desenvolvimentos, a comunidade LGBTQ continua sendo marginalizada, suprimida e ignorada, como a consciência coletiva do povo japonês foi formada para focar em construir uma carreira e vida de trabalho sucedida acima de tudo.

© Michel Delsol

Edges of the Rainbow, uma série pelo fotógrafo Michel Delsol e jornalista Haruku Shinozaki, é um diário das suas viagens juntos da metrópole Tóquio à Osaka, depois para aldeias, em quais eles tentaram pintar o retrato inteiro da LBTQ japonesa.

As fotos são dos seus dois passeis de cinco semanas, capturando a vida cotidiana das pessoas da comunidade LGBTQ. Por exemplo, um padre episcopal chamado Yoshiki Nakamura e o seu parceiro chamado “K”; Chiga, dona de um bar lésbico em Tóquio; um ativista como o homem trans Makoto e a sua esposa Fuyumi, que se identifica como queer.

Aqui estão alguns retratos capturados por Delsol.

© Michel Delsol

Imagens foram retiradas da Another Mag.

escrito por lomographymagazine no dia 2017-07-04 em #cultura

Mais Artigos Interessantes