25 Coisas Que Aprendemos: Parte 1

Um quarto século passou desde que a Sociedade Lomográfica Internacional foi fundida, e nós aprendemos um monte de coisas diferentes desde então. Aqui está a nossa seleção pessoal:

1. Lembre-se do velho e dê boas-vindas ao novo

Passado vs. Futuro. Muitos de nós enfrentamos esta questão em qual a gente mais valoriza. Mas na verdade, não precisa ser prento ou branco. Você sempre pode abraçar ambos. A Lomografia tentou fazer isto também, quando eles fizeram umas melhoras na queria Diana F+ dos anos 60, continuando o seu status icônico de rainha entre as câmeras de plástico.

Créditos: lienchen

2. Se arrisque para poder crescer

Sucesso não é uma fórmula, é um processo de tentativas e erros. A fotografia existe para experimentar, fazer o duvidoso, captura o nunca visto, se arriscar com o desconhecido. E como mais poderíamos celebrar a fotografia experimental e progressiva do que com o Lomography X-Pro e o Lomography Redscale?

Créditos: natalieerachel

3. Pense em grande

Ideias sempre deveriam ser algo fora da caixa. Na fotografia, nós trabalhamos com um frame de quatro cantos. Quando a Lomography lançou a LC-Wide (uma recriação da clássica LC-A, agora para 120) e a LomoKino (que nos permitiu a criar curtos filmes com 35mm), e realidade se expandiu. Talvez nós não sempre temos a possibilidade de sair da caixa, mas com certeza podemos expandir as bordas como nós quisermos.

Créditos: dakadev_pui

4. Não existe um meio grande ou pequeno demais

Mesmo no mundo da fotografia há puristas – aqueles que querem derrubar outros por causa do seu meio escolhido. Mas a fotografia nunca foi sobre o meio; sempre foi sobre o fotógrafo. O meio ajuda a executar e materializar as nossas ideias e é só quando nós vemos ele deste modo, que nós podemos apreciar tudo – pense nas possibilidades que cabem no seu bolso com exposições de 110 com a Fisheye Baby e a Diana Baby, ou os horizontes largos da Belair X 6-12!

Créditos: dida

5. Às vezes, menos é mais

Uma cachoeira criando um arco-íris no ar enquanto ela corre a montanha abaixo, delicados grãos de areira que ficam laranja com o sol se pondo no horizonte – às vezes, o trabalho de um fotógrafo é feito para ele. Nós estamos rodeados de beleza natural de tirar o folego e tem vezes quando não há nada que um filtro, flash ou uma múltipla exposição poderia adicionar à um frame incrível que a natureza preparou para a gente. Se senta, respire o momento e capture ele através da sua lente.

Créditos: jennson

E o que você aprendeu nos últimos anos? Deixe um comentário abaixo e compartilhe os seus pensamentos!


Você já adicionou as suas fotos? Nos ajude a criar uma exibição de fotografia global nos enviando as suas fotos preferidas dos seus lugares preferidos e se cadastre para criar a sua própria LomoWall. Fique de olho no site oficial dos 25 Anos da Lomography e certifique-se de que está nos seguindo nas redes sociais também. Festas, exibições e sorteios – Ainda tem um monte de festividades por vir!

2017-07-25 #cultura #25yearsoflomography

Kickstarter

Bringing an iconic aesthetic to square format instant photography, the Diana Instant Square fills frames with strong, saturated colors and rich, moody vignetting. Built to let your inspiration run wild, our latest innovation features a Multiple Exposure Mode, a Bulb Mode for long exposures, a hot shoe adapter and so much more! It’s even compatible with all of the lenses created for the Diana F+ so that you can shake up your perspective anytime, anywhere. No two shots will ever be the same. Back us on Kickstarter now!

Mais Artigos Interessantes