Kodak Aerochrome III 1443 (120, 400 ISO)

2011-10-12 1

Kodak Aerochrome ||| Infrared Film 1443 é o único filme infravermelho “false color” (que distorce as cores originais das coisas) que ainda é produzido no mundo. Agora ele está temporariamente disponível nos formatos 120 e 135mm.

O Aerochrome 1443 é produzido pela Kodak para, como o próprio nome sugere, ser usado como um filme aéreo. Ou seja, para fotografar o solo do ponto de vista aéreo (de um avião, por exemplo), especialmente usado na agricultura e até em detecção de camuflagens. Isto significa que a Kodak só vende o filme em formatos específicos para câmeras aéreas – geralmente 70mm. Embora não dê pra fotografar com um filme deste formato em câmeras normais, o amante de fotografia infravermelha Dean Bennici, para a nossa sorte, tem feito o trabalho sujo de adaptar os rolos de filme para 120mm. Ele faz tudo no escuro total e vende o resultado no site

Assim como qualquer outro filme infravermelho, é preciso usar um filtro para conseguir efeitos apropriados. Esse filme tem as mesma sensibilidade que o extinto Kodak EIR (descrito em mais detalhes aqui) – ou seja, por todas as camadas serem sensíveis à luz azul, você deve filtra-la usando um filtro amarelo ou laranja (mas filtros vermelhos também causem resultados interessantes).

Embora esteja escrito por aí que a emulsão 1443 seja a mesma presente no Kodak EIR, ela definitivamente não é. As velocidades dos filmes são diferentes, assim como as cores. Eu testei o mesmo filtro amarelo em todos os meus Aerochromes e Kodaks EIR, e as fotos podem ser distinguidas facilmente.

O Aerochrome 1443 deve ser processado supostamente em AR-5, mas já que esse tipo é bem caro e difícil de encontrar, você pode usar o E-6 (o que seria a revelação em processo cruzado) para obter slides. No entanto, isto vai aumentar o contraste e a saturação das cores (que péssimo, não é mesmo?). E-6 é o mais recomendado para este filme, que é classificado como ISO 400 (você precisa ajustar as exposições dependendo das condições de luz).

Você também pode revelar em C-41 para gerar negativos. Eu pensei que isto resultaria em resultados mais malucos que os E-6, mas minha experiência mostrou que as fotos ficam com um contraste melhor, mais detalhes, menos saturadas nos vermelhos mais intensos e com uma granulação melhor. Para a revelação em C-41, o ISO é 320.

Eu recomendo muito que vocês experimentem esse filme tanto em E-6 quanto em C-41. Aqui vai a diferença entre os dois:

O melhor desse filme é que o resultado vai sempre lhe surpreender. As cores dos objetos dependem tanto das suas cores visíveis quanto do seu material. Mesmo que vermelhos geralmente virem amarelos e pretos se transformem em vermelhos, você vai notar variações bem divertidas. Veja você mesmo (as fotos da primeira galeria são E-6 e as da segunda são C-41):

escrito por larslau no dia 2011-10-12 em #equipamento #slide #120 #review #c-41 #e-6 #hasselblad #500c #aerochrome #kodak #1443 #dean-bennici #ar-5 #x-pro #negativo-colorido #filtros #falsas-cores #transparencia #infravermelho
traduzido por monamarques

Estamos explodindo com excitação para apresentar o nosso mais recente projeto no Kickstarter: a Lomo’Instant Square. Nós estamos falando da primeira câmera instantânea completamente analógica que produz fotos Instax quadradas. Ela vem com uma lente de vidro de 95mm para fotos super nítidas, um modo automático avançado que toma conta da exposição, todas características criativas típicas da Lomography — e um design compacto e dobrável. A Lomo’Instant Square foi lançada no Kickstarter. Venha participar da diversão e nos apoie no Kickstarter para economizar até 35% no preço varejista e ganhe um monte de brindes extras. Aproveite as ofertas antes que elas acabem. Não fique por trás.

Um Comentário

  1. lucasterra
    lucasterra ·

    Como se dá o processo de revelação? Comprei o E6 pra usar com minha Diana F+, qualquer um pode revelar ou existe um método diferente?

Mais Artigos Interessantes