Você tem uma conta? Login | Você é novo na Lomography? Cadastre-se | Lab | Site atual:

De Volta ao Básico: Velocidade do Filme

Obtendo fotos desfocadas ao fotografar em interiores? Fotos noturnas amarronzadas ou lavadas? Nuvens sem detalhes na neve ou na praia? Escolha o filme certo.

Embora uma foto muito bonita, este filme de velocidade 100 (mesmo em um dia bem ensolarado) não foi rápido o suficiente para capturar a ação sem trepidação e desfocagem, um filme ISO 200 ou 400 teria sido melhor.

Não vou citar nomes, e não é a primeira vez que eu vi isso, mas eu vi uma foto muito bem composta de um animal de estimação no site, hoje, que o autor havia comentado abaixo de “minhas fotos ainda estao saindo borradas…”.

Há muitas coisas que podem causar este tipo de problema, mas se você focar corretamente, se resume a uma coisa. Seu tempo de exposição foi tão longa capturou suas mãos trêmulas deixando sua imagem borrada. O autor da foto acima tinha fotografado em interiores com um filme de velocidade 200, um filme que nao é capaz de fazer o que o autor queria sem um tripé.

Esta foi tirada em um dia nublado, sem chuva ou escuridão, mas o uso de um filme de velocidade de 400 significa que o filme foi rápido o suficiente para obter um bom contraste na imagem. Olha a textura do metal envelhecido e o contraste!

Com uma SLR há muitas coisas que você pode fazer para corrigir isso ou pelo menos atenuar, mas com toycameras como a La Sardina, há apenas uma coisa, e se você aprender bem, suas fotos ficarão cada vez melhores.

Escolha o filme certo.

Todo o filme está classificado por velocidade. Esta refere-se simplesmente a quantidade de luz necessária para obter uma boa foto, mesmo negativos, irao produzir uma bela imagem nítida. Quanto maior o número, menos luz é necessária. O efeito disso é que sua câmera pode gastar menos tempo com o obturador aberto para capturar a imagem, o que significa, naturalmente, que nao havera tempo suficiente para pegar suas mãos trêmulas.

Foto por adam_g2000

Este filme, avaliado em ISO 100 era muito lento, mesmo com a velocidade do obturador de cerca de 1/60 para pegar o detalhe nas rochas. O filme estava errado para o dia, agravado pela falta de ajustes e precisão da Holga.

Este é uma dica rapidinha, então eu não vou falar de tripés e de outras coisas mais complexas.

Filmes são medidos em ISO ou ASA ou ambos, normalmente estes são os mesmos de qualquer maneira. Os tipos de filmes mais comuns são:

ISO / ASA 100: Luz do dia, bons em dias de sol forte, praias, neve nas montanhas dia.
ISO / ASA 200: dias nublados.
ISO / ASA 400: Uso geral, esportes, dias chuvosos.
ISO / ASA 800: Por-do-sol, à noite, flash.
ISO / ASA 1600: Esse está ficando cada vez mais difícil de encontrar, mas é o mínimo que eu uso para shows de rock, clubes noturnos, você nem precisa usar flash.

Mas voces vao me perguntar: “E a granulaçao? Delta 3200 ou T64? Não é tão simples…” e você estaria certo, as coisas mudam quando voce acha um filmes mais interessantes, processo cruzado, revelar seus proprios negativos, puxar, empurrar, etc.

Mas vamos começar do basico. Uma vez que você melhorou a sua técnica com esta dica simples, procure na internet ou neste site para mais dicas sobre velocidade do filme, de grãos, o uso de tripé e processamento cruzado.

Mais fotos com o CN800, observe o borrão na foto do coelho é um artefato para criar uma pequena profundidade de campo (que explicarei em outro dica!) O olho é nítido, sem tremido. Não foi usado flash.

escrito por adam_g2000 e traduzido por vctrrl

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro

Ler este artigo em outro idioma

A versão original deste artigo está escrito em:English. Isto também está disponível em:Deutsch, Italiano, 日本語, Русский, Français, Spanish & Nederlands.