Você tem uma conta? Login | Você é novo na Lomography? Cadastre-se | Lab | Site atual:

O fio da Spinner foi puxado o suficiente?

Alguma vez pararam no meio de um spin para pensar se já tinham puxado o fio o suficiente para ter uma volta de 360º? Puxaram o fio mais, ou deixaram-se ficar a uns centímetros? Não se preocupem mais e deixem-se guiar por esta dica!

Se não tiverem experiência suficiente a puxar o fio da Spinner 360, eis um guia para saberem se já puxaram o suficiente.

É preciso:

  • a Spinner 360
  • filme exposto
  • linha
  • agulha
  • tesoura

Passo 1: Coloquem um rolo exposto e revelado na Spinner 360. Definam o diafragma para a luminosidade de Sunny ou Cloudy.

Puxem o fio até meio, depois com força para dar uma volta de 360º e por fim puxem de forma a dar mais que uma volta completa. É importante seguir o passo 1 (escolher Sunny ou Cloudy) para verificarem aquilo que a Spinner de facto faz quando tem filme. Pôr em R ou Rewind vai resultar numa volta maior que o normal.

Passo 2: Assim que as estimativas estiverem feitas, é altura de coser algumas linhas no fio.

Assegurem-se que puxam o fio com a mão dominante enquanto cosem. Usei cores diferentes para facilitar a identificação. Cuidado com as agulhas! E cortem a linha em excesso para que o trabalho fique com um aspeto limpo.

Podem usar outros materiais que encontrem para fazer estas marcas no fio da Spinner. Apenas usei linha porque é fácil de encontrar.

No fim, deve ter este aspeto:

Isto não é 100% seguro, é apenas um guia!

escrito por superkulisap e traduzido por roxanneross

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro